0
0 In Estilo de Vida

Restaurante Contemporâneo em São Paulo: Casa Ramona

Restaurante Contemporâneo em São Paulo - Ramona-2

Casa Ramona ou só Ramona é um restaurante contemporâneo em São Paulo. Escondido na parte “feia” do centro da cidade, mas que vale a pena visitar.

Dia 30 de dezembro fui ao Centro de São Paulo resolver algumas coisas perto da 7 de Abril/República. No caminho a fome apertou e eu pesquisei na internet onde comer uma comidinha diferente ou um bom hambúguer.

O Ramona estava bem ali no miolo feio dos prédios antigos e das pessoas abandonadas. A fachada parece mais um café do que restaurante, quase passei batido na frente de tão escondido.

Restaurante Contemporâneo em São Paulo - Ramona-16

Ainda bem que voltei! Apesar da cara de café o Ramona tem um cardápio apetitoso, viu?

Mas, antes de falar da comida deixa eu contextualizar:

Era o último dia útil do ano de 2016. Quase tudo estava fechado na cidade, a única loja que eu queria ver estava aberta, mas não tinah nada ao redor pra comer.

Li coisas boas sobre o Ramona numa pesquisa rápida e fui conferir. Como a casa estava vazia, só 2 mesas ocupadas, me animei, mas…

Me deparei com um atendimento bem ruim.

O Ramona é todo descolado e informal as garçonetes tem essa mesma pegada. Eu gosto do atendimento assim, em geral é mais leve.

Mas, a moça foi desatenta, relapsa e não conseguiu indicar um prato de modo decente. Mesmo eu tendo avisado que era minha primeira vez na casa, ela só me disse: “ah somos um restaurante contemporâneo você pode comer o que você quiser!”.

Mas, eu estava num good mood tão GOOD que desconsiderei. Quase sempre fico puta com atendimento mala e sem interesse.

Pedi o hambúrguer da casa e meu acompanhante pediu um bife ancho com risoto.

Se a comida fosse ruim, o Ramona não ganharia nem uma resenha aqui. Minha lei aqui no blog é não falar sobre coisas negativas e não divulgar coisa ruim.

A comida compensou a garçonete mala e as 50 coisas que pedi e não tinha na cozinha. Ok, último dia de dezembro a gente disconsidera.

A comida não só compensou como ganhou, viu?

O hambúrguer Ramona veio suculento, ao ponto e com um ovinho mole (que é difícil eu gostar) por cima. Super bem montado e bem servido.

O ponto alto do hambúrguer, foi o queijo canastra com o ovo. A maionese da casa não se destaca, mas não some, fica ali dando um saborzinho bem bom ao conjunto.

Restaurante Contemporâneo em São Paulo - Ramona-10

O bife ancho com risoto estava simples, mas numa combinação de sabores que casou. A vinagrete de pimenta biquinho ajudou a dar um tchan no risoto que tinha brie e pêra.

Restaurante Contemporâneo em São Paulo - Ramona-11

Os pratos vieram tão bem feitos que dá pra esquecer que está num “restaurantezinho” do centro de São Paulo. Parece preconceito, mas não é!

Trabalhei anos naquela região e precisamos de mais locais surpreendentes assim por lá. Fugir da rota comum dos clichês de restaurante contemporâneo em São Paulo é bem difícil porque ainda temos poucas opções.

De sobremesa um pudim de leite condensado. Não decepcionou, caseiro e nada enjoativo eu quase lambi o prato! Simples e bem feito, do jeito que eu gosto!

Restaurante Contemporâneo em São Paulo - Ramona-15

A decoração da casa é ótima e bem confortável mesmo num espaço diminuto. Achei linda a combinação de madeira com turquesa, a luz baixa e o bar todo de espelho.

O preço é a média dos concorrentes, nem mais barato, nem mais caro. Média de R$ 200 duas refeições, uma bebida, sobremesa e um café.

Pra quem curte baladas e jantares na madrugada, o Meninas no Boteco fez uma visita na noite do Ramona e contou como foi (link ao lado).

Como restaurante contemporâneo em São Paulo o Ramona entra pra lista de boas surpresas que SP esconde.

A Casa Ramona ainda está de parabéns pelo site que foi o que me convenceu a ir até eles. O cardápio completo fica disponível, com todas as informações da casa.

Deixa eu registrar mais uma coisa sobre o atendimento:

Ao pagar a conta, eu disse “obrigada, foi um prazer conhecer vocês”, sabe o que a garçonete fez? Nada! Pegou a máquinha do cartão e virou as costas comigo ainda falando.

Não acho que esse seja o padrão de atendimento da Casa Ramona, mas, olha!?! Chato viu?

You Might Also Like

No Comments

Let's talk!