0
2 In Empoderamento

Mudar a energia de dentro pra fora

Mudar a energia de dentro pra fora - energia

Não esse não é um blog esotérico, tão pouco, místico ou religioso. Embora eu seja uma curiosa da espiritualidade e tenha aqui muita fé nas coisas.

Descobri que é possível mudar a energia que sinto e emano para viver melhor, mesmo em meio as tribulações.

Esse aprendizado na verdade é a soma de práticas que eu acredito na vida, mas passando por um momento específico desse ano eu precisei resgatar tudo isso dentro de mim.

Eu chutei algumas bundas esse ano, tomei umas boas rasteiras também, travei batalhas imensas, perdi algumas, ganhei outras… A guerra ainda está em andamento e mudar a energia de dentro pra fora está fazendo com que eu me recupere cada vez mais rápido dessas batalhas.

Eu acredito no poder transformador das coisas simples e consideradas pequenas, são elas que nos mostram milagres no dia a dia.

Levou 3 meses até que eu percebesse que pequenas mudanças na minha energia pessoal me sustentaram nas decisões mais difíceis.

Aqui é tiro, porrada e bomba, mas mesmo assim, eu comecei do básico: ficando na merda!

A merda* é aquele momento em que tudo dá errado, você tá sozinha no lugar mais fundo do que o fundo do poço e fica onde? Na merda! 🙂

Mas, de merda nessa vida eu entendo! As maiores lições e bençãos da minha vida saíram de momentos como esse. Eu odeio quando acontece merda na minha vida, mas depois que passa eu entendo que quando não é benção, é lição – mas, pode ser as duas coisas ao mesmo tempo agora!

Mudar a energia é um gesto de amor próprio, é uma decisão intíma e que só depende de nós. Mas, os resultados não vem só para nós internamente, viu? Isso que é o mais lindo!

Mudar a energia de dentro pra fora - frase

Eu comecei a mudar a energia dentro de mim quando reconheci os meus monstros.

Eu aceitei que dentro de mim vivem monstros que crescem, às vezes. Eles me assustam, assustam os outros, mas foi olhando pra eles que eu entendi que preciso controlá-los.

Fácil? Óbvio que não! Mas, todo dia tô aqui olhando meus monstros e aprendendo tentando a controlar eles um pouquinho.

Mudar a energia de dentro pra fora - monstros

Eu achava que ter inteligência/maturidade/equilíbrio emocional era não sentir dor ou, pelo menos, conseguir não mostrar que esses montros existem. Já que não ter monstros em si é impossível pra nós humanos mortais.

Mas, eu, no meu processo de evolução, preciso me harmonizar com os MEUS monstros.

Seja a raiva, ódio, ressentimento, medo, violência, mau humor, falta de flexibilidade e etc… (Se eu for escrever todos os meus monstros daria duas Bíblias.)

Eu entendi que fugir é pior, que não deixar sair me corrói por dentro, que viver de aparência é mais nocivo que admitir o pior lado do meu temperamento. Quando fujo dos meus monstros eles ficam num cantinho da minha cabeça isolados e crescendo, uma hora eles podem voltar ainda maiores.

Por isso, hoje, quando um desses monstros aparece eu simplesmente tento entender de onde ele veio, o que atiçou a fera em mim? Quando consigo, eu respiro e faço uma oração. Eu ainda não evolui a ponto de controlar eles, mas sempre digo que matar é crime, então sou um ser humano controlado pelas leis… Brincadeira, mas é verdade!

Depois que os monstros saem de mim, às vezes, eu choro, ou fico aliviada, ou dou risada da situação ou fico envergonhada se julgar que me excedi. Essa sou eu reconhecendo que posso ser melhor, mas também sem fingir, sendo eu mesma.

Cada dia é uma reação e um aprendizado.

Encarando meus defeitos eu aprendo e evoluo com eles. Quando passa a tempestade eu tenho certeza que exorcizei um demônio de dentro de mim e dei um passo adiante.

Isso é mais um exercício de maturidade mental e emocional que qualquer outra coisa, quando não estamos maduros a gente foge da dor, dos problemas, dos nossos monstros e busca a forma mais fácil para se iludir.

Outra coisa que me ajudou a mudar a energia da minha vida foi ter uma prática espiritual e física.

Eu coloco no mesmo nível de importância, praticar uma atividade física e uma espiritual. São dois pesos que me mantém em equílibrio, que me organizam por dentro e por fora.

Ter uma atividade física traz inúmeros benefícios pra saúde mental. Libera ocitocina, o hormônio do bem estar, melhora a saúde, aumenta a concentração e tem me ajudado a ter algumas horas pensando só em mim e no meu corpo.

Se não dá pra ir na academia fazer aula de yoga uma vez na semana, eu caminho na rua ou no parque, é de graça e faz um bem enorme pra mim.

Mudar a energia de dentro pra fora - atividade fisica

Como atividade espiritual eu acredito que cada pessoa encontra o seu caminho. Eu oro, muito e sempre! Vejo Deus como uma força onipresente que eu posso me conectar o tempo todo. Até quando tô no meio de uma discussão acalorada eu tento pedir uma força do céu pra me acalmar, porque meus monstros me vencem nessas horas.

Acredito na meditação contemplativa e voltei a praticar há 1 mês, também não é fácil com a cabeça cheia de energia densa e ruim, mas ao final eu me sinto muito mais leve.

Para mudar a energia da minha casa eu tenho usado a aromaterapia, farei um texto só sobre isso. Os gatinhos adoram os cheiros novos pela casa, uso até uma essência só para eles. 🙂

Minha energia e da minha casa tem impacto na vida e saúde dos meus filhotes. Tanto que eles andam bem doentinhos e eu precisei aprender cuidados para melhorar a saúde deles, mas também a energia e a ansiedade dos gatos. O veterinário me disse esses dias que eles estão abatidos pelas mudanças, mas a energia vital deles está preserevada e muito bem cuidada.

Mudar a energia de dentro pra fora - aromaterapia

Uso óleos essenciais para deixar a casa mais aconchegante e trazer sensações positivas através do olfato. Minha mãe usava muito Alfazema e Lavanda em casa para “acalmar as energias” quando eu era criança. A Alfazema e Lavanda têm efeitos relaxantes, calmantes, antiespasmódicos, analgésicos e antidepressivos, uso no banho, na roupa de cama e até algumas gotinhas para inalar antes de dormir.

  • Os gatos dormem muito melhor quando faço uma massagem neles com lavanda. O Fritz – meu gato mais velho – está doente e tem tido dores, nele que eu vejo mais diferença no sono depois da massagem.

Também tenho feito limpezas constantes para tirar roupas, móveis e tudo que esteja parado e sem uso. Isso renova a vida! Fotos, livros e objetos quando ficam parados só acumulam energia e pó.

Aqui tudo que pode ser doado é doado para quem precisa e o que não pode vai pro lixo reciclável.

No carro, quando estou estressada no trânsito, eu procuro mudar a energia ouvindo músicas mais calmas.

Se eu colocar Rage Against the Machine, que eu amo, na hora do rush eu viro o Toretto e acho que tô em Velozes e Furiosos.

Mudar a energia de dentro pra fora - trânsito

Não só mantras ou músicas calmas, ouço músicas que gosto de cantar, alegres e até danço ao volante :D. Quem me acompanha no stories já me viu dançando axé no final do expediente pra exorcizar o mau humor!

Tenho uma rotina com 4 horas no trânsito, todo dia. Então, pela manhã faço minhas orações, cocnverso com o universo, ouço música gospel e áudio books/podcasts.

Mudar a energia também nos aparelhos tecnológicos.

No celular e no computador eu limpei tudo que não uso ou que não faz mais sentido guardar. Peguei minhas HD’s externas, cartões de memória e pen-drives e limpei todos. Armazenei só coisas úteis, como documentos.

Mudar a energia de dentro pra fora - redes sociais delete

Especialmente no celular eu criei o hábito de limpar meu histórico de ligações e conversas do WhatsApp todo dia. O que preciso arquivar eu faço um print e mando por e-mail.

Mudar a energia de dentro pra fora - redes sociais

Outra pequena grande mudança na minha energia foi deletar das redes sociais todas as pessoas que não fazem mais parte da minha vida e que, por qualquer motivo, eu julgue que não quero ter contato ou que vejam o que eu posto.

Eu me perguntei: “como eu conheci essa pessoa? Qual o contato que ela tem comigo hoje? Quero/vou/faz sentido ter contato com ela no futuro?” Fui deletando sem dó e muita gente só percebeu quando bateu a curiosidade de saber da vida alheia, aí vieram curiosar nas redes do blog.

É bem mais fácil barrar bad vibes assim. Nas redes do blog tudo é pessoal, mas é SÓ o que eu quero mostrar e ninguém tem culhão de vir aqui escrever coisas ruins pra mim publicamente, entendem?

Faço momentos de detox em casa para mudar a energia e me recompor.

Eu experimentei alguns dias sem comer carne, sem bebida alcoólica e bebendo mais água pra limpar o corpo. Nesses dias eu quis ficar mais quieta que o normal. Evitei TV, internet, assisti filmes leves e li livros que elevam a mente.

Mudar-a-energia-de-dentro-pra-fora-detox em casa

Virou um ritual de detox pra minha vida. A melhor coisa é que eu me alieno do mundo por uns dias e volto renovada. Não preciso sair da minha casa pra isso, só desligo o celular/TV e fico no meu cantinho fazendo vários nadas seguidos.

Nesses dias de detox eu bebo mais chás, escolho aqueles que se alinham com calma e limpeza. Faço meus banhos de ervas e tento comer tudo o mais natural possível. Além, de ter muitas horas de sono, relaxamento ae reclusão.

  • Sobre os chás e ervas eu dou também para os gatos, eles podem beber certos chás e incluí florais para nós também. A longo prazo tudo isso muda nossa energia, não é milagre é cuidado e dedicação mesmo.

O que isso mudou em mim?

Por dentro me sinto mais forte, mais determinada e assumi mesmo meu lado negro da força. Sinto que mesmo quando bate a bad ela não vem por motivos banais, pessoas pequenas ou raiva.

Se for pra deixar a bad entrar que seja pelos problemas reais, né?

Minha saúde mental, emocional e física melhorou. Parei de focar atenção nas batalhas que não valiam ser lutadas e comecei a focar na guerra que vale ser vencida.

Aprendi que olhar uma situação pelos ângulos pequenos das pessoas medíocres cansa e desgasta. Querer lutar batalhas inúteis é desperdício de energia. Escolho minhas lutas e não ligo de não lutar por certas coisas/pessoas.

Minha cabeça se organizou e meu foco está maior em mim e nas coisas que eu quero. Estou mais certa do que eu quero pra minha vida e para onde estou indo. A clareza mental que mudar a energia me trouxe melhorou até minhas finanças.

Por fora? Pessoas íntimas notaram coisas bem sútis em mim e me disseram isso com alegria. Um sorriso mais aberto, um olho mais brilhante, uma movimentação de sonhos e felicidade que eu havia parado. Um bom humor voltando aqui, uma mudança ali…

Mudar de dentro pra fora me trouxe pessoas novas, fechou ciclos e mesmo nos meus erros eu tive a certeza de que eu estava fazendo o que era certo pra mim e deixando claro quem eu sou (com seus defeitos e qualidades).

Vou seguir mudando minha energia e vibração, movimentando por dentro para refletir por fora. Espero te inspirar a fazer o mesmo!

 

You Might Also Like

2 Comments

  • Reply
    Nessa Luzardo
    julho 29, 2017 at 10:52 am

    Lis, adorei seu texto e me fez refletir também! Eu também acredito nessa troca de energia e temos que reconhecer nossos erros.. Também fico pensativa quando algo dá errado e procuro tirar algum aprendizado disso tudo.
    E é isso aí… vamos sempre tentar ser pessoas positivas e transmitir boas energias =)

    Beijo
    Nessa

  • Reply
    Brendali
    agosto 1, 2017 at 9:01 am

    Acho que se conhecer é melhor para o controle da mente e do corpo, nossas energias são sempre muito carregadas seja de bons sentimentos quanto maus, é muito difícil buscar o equilíbrio nos acontecimentos diários, eu sou como você busco sempre orar, assim me acalmo, coisa que precisamos fazer sempre, agradecer e nos fortalecer espiritualmente.

  • Let's talk!