Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
0
Search results for

restaurante

1 In Estilo de Vida

Restaurante Argentino no Itaim: Bárbaro

Restaurante Argentino no Itaim Bárbaro - hall

Adoro sair e conhecer lugares, sempre me baseando nos aplicativos, né? Escondido numa rua tranquila eu esbarrei nesse restaurante Argentino no Itaim.

Acho que tenho uma predileção por restaurantes argentinos, junto com os japoneses são minhas melhores opções.
 
Cheguei no Bárbaro, no final de uma noite de sábado, bem perto do horário do encerramento da casa e me arrisquei a entrar.
 
Paredes vermelhas, uma música argentina ao vivo muito bem executada em voz e violão. A casa recebia famílias e casais que interagiam com o cantor e o clima era o mais agradável possível.

Uma simplicidade acolhedora, viu? A família Che Bárbaro é famosa, então não precisa de muita explicação.

O garçom foi muito simpático e solicito, mesmo estando quase no final do expediente. Eu sei que é chato 😔
 
Fui bem direta e pedi uma indicação de prato principal que não fosse exagerado, mas que fosse um bom indicador da casa. Ele foi certeiro em indicar o corte Biscuit e Papa Quimérica, duas especialidades da casa.

Mas, além de uma história bacana esse restaurante Argentino no Itaim se destaca pelo atendimento.

A cozinha foi generosa em atender meu pedido de variação no recheio das Papas Quiméricas e ainda foi super rápido.

Restaurante Argentino no Itaim Bárbaro - prato principal

 
Carne alta e no ponto exato que pedi era suculenta e as papas quiméricas são um deleite pra quem ama batata e queijo como eu. 
A sobremesa foi outro carro chefe da casa: panqueca de doce de leite. O melhor doce de leite da vida, nada enjoativo e acompanhado de sorvete.
Restaurante Argentino no Itaim Bárbaro - sobremesa
 

Foi uma visita rápida e suficiente para querer voltar mais vezes e valeu super o registro do restaurante Argentino no Itaim que salvou a larica de um sábado a noite. ♥

Outros pontos positivos: eles atendem pelo iFood na região e deixam o cardápio disponível no site pra quem quiser conferir antes de se descolocar até a casa.
Quer ver mais resenhas de lugares legais que já conheci? Tem a tag RESTAURANTES aqui no blog 🙂
0 In Estilo de Vida

Restaurante Contemporâneo em São Paulo: Casa Ramona

Restaurante Contemporâneo em São Paulo - Ramona-2

Casa Ramona ou só Ramona é um restaurante contemporâneo em São Paulo. Escondido na parte “feia” do centro da cidade, mas que vale a pena visitar.

Dia 30 de dezembro fui ao Centro de São Paulo resolver algumas coisas perto da 7 de Abril/República. No caminho a fome apertou e eu pesquisei na internet onde comer uma comidinha diferente ou um bom hambúguer.

O Ramona estava bem ali no miolo feio dos prédios antigos e das pessoas abandonadas. A fachada parece mais um café do que restaurante, quase passei batido na frente de tão escondido.

Restaurante Contemporâneo em São Paulo - Ramona-16

Ainda bem que voltei! Apesar da cara de café o Ramona tem um cardápio apetitoso, viu?

Mas, antes de falar da comida deixa eu contextualizar:

Era o último dia útil do ano de 2016. Quase tudo estava fechado na cidade, a única loja que eu queria ver estava aberta, mas não tinah nada ao redor pra comer.

Li coisas boas sobre o Ramona numa pesquisa rápida e fui conferir. Como a casa estava vazia, só 2 mesas ocupadas, me animei, mas…

Me deparei com um atendimento bem ruim.

O Ramona é todo descolado e informal as garçonetes tem essa mesma pegada. Eu gosto do atendimento assim, em geral é mais leve.

Mas, a moça foi desatenta, relapsa e não conseguiu indicar um prato de modo decente. Mesmo eu tendo avisado que era minha primeira vez na casa, ela só me disse: “ah somos um restaurante contemporâneo você pode comer o que você quiser!”.

Mas, eu estava num good mood tão GOOD que desconsiderei. Quase sempre fico puta com atendimento mala e sem interesse.

Pedi o hambúrguer da casa e meu acompanhante pediu um bife ancho com risoto.

Se a comida fosse ruim, o Ramona não ganharia nem uma resenha aqui. Minha lei aqui no blog é não falar sobre coisas negativas e não divulgar coisa ruim.

A comida compensou a garçonete mala e as 50 coisas que pedi e não tinha na cozinha. Ok, último dia de dezembro a gente disconsidera.

A comida não só compensou como ganhou, viu?

O hambúrguer Ramona veio suculento, ao ponto e com um ovinho mole (que é difícil eu gostar) por cima. Super bem montado e bem servido.

O ponto alto do hambúrguer, foi o queijo canastra com o ovo. A maionese da casa não se destaca, mas não some, fica ali dando um saborzinho bem bom ao conjunto.

Restaurante Contemporâneo em São Paulo - Ramona-10

O bife ancho com risoto estava simples, mas numa combinação de sabores que casou. A vinagrete de pimenta biquinho ajudou a dar um tchan no risoto que tinha brie e pêra.

Restaurante Contemporâneo em São Paulo - Ramona-11

Os pratos vieram tão bem feitos que dá pra esquecer que está num “restaurantezinho” do centro de São Paulo. Parece preconceito, mas não é!

Trabalhei anos naquela região e precisamos de mais locais surpreendentes assim por lá. Fugir da rota comum dos clichês de restaurante contemporâneo em São Paulo é bem difícil porque ainda temos poucas opções.

De sobremesa um pudim de leite condensado. Não decepcionou, caseiro e nada enjoativo eu quase lambi o prato! Simples e bem feito, do jeito que eu gosto!

Restaurante Contemporâneo em São Paulo - Ramona-15

A decoração da casa é ótima e bem confortável mesmo num espaço diminuto. Achei linda a combinação de madeira com turquesa, a luz baixa e o bar todo de espelho.

O preço é a média dos concorrentes, nem mais barato, nem mais caro. Média de R$ 200 duas refeições, uma bebida, sobremesa e um café.

Pra quem curte baladas e jantares na madrugada, o Meninas no Boteco fez uma visita na noite do Ramona e contou como foi (link ao lado).

Como restaurante contemporâneo em São Paulo o Ramona entra pra lista de boas surpresas que SP esconde.

A Casa Ramona ainda está de parabéns pelo site que foi o que me convenceu a ir até eles. O cardápio completo fica disponível, com todas as informações da casa.

Deixa eu registrar mais uma coisa sobre o atendimento:

Ao pagar a conta, eu disse “obrigada, foi um prazer conhecer vocês”, sabe o que a garçonete fez? Nada! Pegou a máquinha do cartão e virou as costas comigo ainda falando.

Não acho que esse seja o padrão de atendimento da Casa Ramona, mas, olha!?! Chato viu?

3 In Estilo de Vida

Vicolo Nostro | Um restaurante italiano escondido em São Paulo

Foi um achado em São Paulo, um verdadeiro restaurante italiano para ocasiões especiais, românticas e até casamentos.

Feriado em São Paulo o Excelentíssimo* me fez a primeira surpresa em 6 anos juntos e reservou – com semanas de antecedência #milagre – um restaurante italiano pro nosso almoço especial de aniversário de casamento.

Casar no feriado tem seus benefícios, mas na hora de comemorar precisa fazer reserva com uma boa antecedência. Seria lindo já que ele conseguiu a reserva em um ótimo restaurante italiano, né?

Tudo quase perfeito, exceto pela dieta restritiva que estou fazendo, falei sobre o processo aqui. Como faz? Senta e chora? Cancela o aniversário de casamento? Não, comigo gente!

O Excelentíssimo me acompanhou em uma consulta e, como eu sabia que nós sairíamos para comemorar, eu pedi a permissão da Nutricista pra sair da dieta. Mas, Dra. Isabella não deixou (claro, né? Nutri boa é assim) mas, aceitou que o Excelentíssimo contasse pra ela onde ele ia tinha feito as reservas e passasse o cardápio para ela escolher o que eu pudesse comer.

Chegou o dia e eu nem sequer sabia se estava indo para um restaurante italiano, japonês, tailandês ou churrascaria – a Doutora manteve segredo junto com o Excelentíssimo. Muito amor envolvido <3

Escondido pertinho do Brooklin, numa ruazinha lateral que você não acredita, eu fui surpreendida por uma parede arborizada, tijolos e tons de madeira e entre o verde das folhas uma porta que quase não se vê ao virar a esquina. Passando o pórtico, um caminho de paralelepípedos e muita luz natural em meio a grandes colunas de tijolo aparente e um jardim lindo, fontes e detalhes em cada olhar.

 

Me senti num romance italiano, a música, a luz amarelada quase toda natural no salão. A ambientação, inclusive dos banheiros, é linda, feita para nos trazer a atmosfera das vilas da Itália e, verdade seja dita, eles conseguem! Tudo o que falam da decoração do Vicolo Nostro é verdade: ela encanta!

Aliás as avaliações desse restaurante italiano são ótimas em todos os sites que pesquisei, vou até colocar no meu perfil do Trip Advisor uma avaliação.

Há mesas na varanda e um salão interno, mas acredito que pelo feriado não pudemos escolher uma pena porque a varanda é, sem dúvida, o lugar mais charmoso do restaurante. Ficamos apertadinhos numa mesinha posicionada embaixo do casal Othelo e Desdemona, marionetes em tamanho real vindas de Praga para a decoração do restaurante. Apertadinhos mesmo, no espaço entre a parede a lareira, mas não ofuscou o brilho da tarde.

Aqui talvez o único ponto negativo a se observar: o salão é pequeno e achei a mesa muito apertadinha e todas as mesas ficam muito próximas, o que faz o ambiente ser bem barulhento.

 

O atendimento do Vicolo Nostro é muito cordial e ágil, quase exclusivo com um garçom por mesa ou 2 mesas, não consegui reparar. Só um ponto de me deixou curiosa, o garçom não apresenta a casa e nem o cardápio. Fiquei querendo ouvir mais sobre os pratos.

 

Ponto positivo no atendimento fica por conta da atenção, mesmo com todas as restrições que tive que passar nos meus pedidos eu fui surpreendida muito positivamente. O garçom que, por descuido não perguntei o nome, não só garantiu que meus pedidos fossem atendidos como sugeriu uma substituição do cardápio para atender melhor meu prato principal.

 

Abrimos com o couvert, de pães e molhos, muito bem servido. O Excelentíssimo, teve que comer sozinho e era só elogios, aos pães quentinhos e complementos saborosos, em especial a sardela e creme de queijo gorgonzola.

restaurante-italiano_vicolo_nostro_review-2

Em seguida, escolhemos um vinho Pinot Noir, uma das uvas que mais gosto e que harmoniza bem com carnes vermelhas magras e queijos brancos apurados (camembert e brie). A Nutri me liberou para tomar meia taça de vinho na ocasião.

Ah, a casa nos recepcionou com um frizante branco bem gostoso e suave, dei um gole, claro!

restaurante-italiano_vicolo_nostro_review-3

Vinho escolhido: Queulat Pinot Noir, Ventisquero Gran Reserva. Ao lado o frisante da casa, suave para abrir o apetite.

Como entrada, para mim, um mix de folhas frescas com fillet mignon e para o excelentíssimo salada com polenta e queijo. Pedi o molho a parte e tudo sem azeite ou óleo, estava saboroso e realmente fresco, o fillet no ponto certo e macio.

A foto não faz jus a salada, eu comecei a comer e só lembrei de fotografar depois.

Restaurante Italiano Vicolo Nostro - Insalata

Insalata con Filetto

Eu sempre digo que em restaurantes com grande nome os detalhes fazem a diferença, o ponto da carne, a textura das folhas e em tudo isso o Vicolo Nostro foi impecável.

Como prato principal, a nutri escolheu um fillet de Saint Peter com purê de aspargos e, por sugestão da casa, substituí por espaguete de legumes, com pupunha, abobrinha e cenoura. Mesmo sem provar o purê de aspargos, que tinha creme de leite, o espaguete de legumes veio na medida, apimentadinho e casou com o fillet.

Restaurante Italiano Vicolo Nostro - Peixe

Filetti de San Pietro modificado para minha dieta!

O peixe estava suculento, pouco óleo no preparo e mesmo assim molhadinho por dentro. Um prato simples, mas que merece elogios.

Excelentíssimo escolheu risoto de funghi com fillet mignon recheado de queijo brie e, palavras dele: a pessoa que inventou esse prato merece um prêmio. São sabores que casam muito bem e eu que amo risoto fiquei babando.

Restaurante Italiano Vicolo Nostro - Filetto

Filleto Ripieno con Brie

Pra fechar o encanto, recebemos do restaurante um bolo de algodão doce. Uma fofurice sabe? A criança dentro de mim saltou nos meus olhos, com uma mensagem delicada de felicidades e os parabéns do garçom e do maitre. Mas, quem saboreou com gosto foi o Excelentíssimo.

Restaurante Italiano Vicolo Nostro - bolo de algodão doce

A sobremesa foi seleção de frutas gratinadas com zabaione e fechamos a tarde com um espresso e os pettit fours, deliciosos e caprichados, tudo tão bonito que eu precisei provar #ops

Restaurante Italiano Vicolo Nostro - Sobremesa

Frutta gratinata allo Zabaione

Tivemos uma tarde encantada, mesmo com as restrições eu amei o restaurante. Vou voltar para conhecer as massas da casa, assim que puder!

Se você vai comemorar algo especial, ou está buscando um restaurante para uma cerimônia de casamento initimista, vale conhecer o Vicolo Nostro.

Ah, tem vallet por R$ 25 reais na porta e recreação para crianças no salão.

*Excelentíssimo é como eu chamo meu sócio de vida no momento, meu Excelentíssimo.

0 In Estilo de Vida

Low Carb simples pra vida real!

Como seguir a low carb simples pra gente real que e não é bitolada nas noias de dietas da moda?

Estava revisitando os posts mais lidos do blog e o tema cardápio e reeducação alimentar sempre está no TOP 10!

Comentei no texto sobre a vida sem hormônios como me adaptei naturalmente a reeducação alimentar low carb simples.

Foi por isso que amigas dos grupos de SOP na internet me perguntaram como é possível fazer low carb tendo uma vida real?

Acontece que a low carb virou moda e criaram muito mito em torno dela. Quase como uma seita ou como se fosse uma coisa tão milagrosa quanto difícil de seguir.

Eu, na verdade, só sigo o que minha nutricionista me ensinou e meu corpo se adaptou super bem.

Por isso chamo de low carb simples pra vida real!

Antes, preciso dizer que eu como doces, carboidrato e tomo refrigerante. 😄 Deveria? Não, mas só por conta da resistência a insulina.

Gente, tanta coisa que eu não deveria ter feito nessa vida e fiz, comer umas bobeira não tá aumentando meu carma não!

Sou bem tranquila com minha alimentação. Não me cobrava nem quando estava acima do peso e doente (ouvindo merda dos outros), quem dirá agora?

COMIDA É PRAZER!

E dá pra misturar comida com prazer em tantas ocasiões, gente!

Repete comigo: nenhuma dieta, reeducação alimentar ou opinião alheia deve tirar o prazer de me alimentar!

Não permita isso, tá? Senão, vira transtorno alimentar! Devemos ter muito cuidado com o que permitimos que nos influencie.

Dito isso, vamos ao meu modelo de low carb simples pra vida real?

Eu tenho dificuldade de lembrar o que eu como, contar calorias então? Não funciona pra mim uma reeducação alimentar que eu tenha que monitorar números. Por conta da insulina preciso saber o índice glicêmico do que eu tô comendo. Como também não sou boa com isso, o que faço é EQUILIBRAR!

3 anos atrás quando comecei a reeducação alimentar, a nutricionista montava o cardápio com fotos de produtos. Precisei de imagens que me ajudaram a conhecer marcas e nomes de farinhas e itens que eu nunca tinha visto. Quem dirá comido?!

Hoje, me basta entender quais alimentos me saciam mais, são baixo/zero carboidrato e menor índice glicêmico.

Faço minhas refeições com a maior quantidade possível de tudo que sei que é neutro: verduras e legumes frios.

Eu quase aboli arroz do prato, só como o da minha mãe e irmã ❤️ .

Por isso, me permito doces e excessos, de vez em quando. Olhando as imagens você vai entender melhor.

Recomendo que você junte as informações com o texto sobre como montar um cardápio completo e simples.

A low carb simples pra mim funcionou bem quando eu provei, experimentei e entendi quais os alimentos me saciam e não me fazem mal.

Descobri que lactose e glúten eu devo moderar porque me faz mal. Se eu como, eu sei como meu corpo vai reagir e tudo bem.

Para montar um prato principal, meu almoço ou jantar: Escolho qualquer vegetal que cresça sobre a terra, tempero com azeite, limão ou vinagre balsâmico. Simples, eficaz e quase sempre saboroso, depende do meu humor.

Low Carb simples pra vida real!

 

Como a salada primeiro, porque não sou a maior fã de salada e para me dar mais saciedade. Ah, eu gosto de molhos de salada, molhos em geral, só não como todo dia porque sempre tem açúcar.

No almoço, como duas ou três porções de proteína; no jantar apenas uma ou nenhuma, depende do dia.

Proteína me sacia sem estufar, como eu encho várias lajes ao longo do dia, no almoço tenho sentido muito mais fome é natural que eu coma mais proteína no almoço.

Estou começando a conhecer proteínas vegetais para diminuir o consumo de carne, mas ainda não tenho segurança para falar delas.

Os queijos que eu amo, quase sempre tem no meu prato ou no lanche. Mas, os lanches são minha maior dificuldade.

Low Carb simples pra vida real!

Eu não gosto muito de palitinhos de vegetais. Gosto mesmo é de café da tarde, bolo, café com leite, pão com manteiga… Mas, não dá pra ter isso todo dia.

Nos lanches, quase sempre, eu como 1 fatia de pão integral com manteiga ou queijo. Ou o meu amado biscoito de isopor (arroz/tapioca) com patê de atum.

O lanche é também um problema para carregar, não tenho onde armazenar no trabalho.

Mas, carboidrato não é vilão PARA MIM, posso comer com moderação! Lembrando que só o nutricionista pode indicar o melhor para você.

Agora vem a parte polêmica! 😀

Low Carb simples pra vida real!Low Carb simples pra vida real!

Salame, pepperoni, pururuca, guacamole e carne seca \o/

Se possível em versões naturais, sem excesso de sódio e super industrializadas.

Mas, cara que delícia esse baile tá uma uva ter essas opções. Junto com as nozes, azeitonas e etc adiciono uma bebidinha pra relaxar.

Gosto de mostrar essa imagem para todo mundo que diz que viver seguindo uma reeducação alimentar é chato. UHUM!

Eu amo tudo isso, mas não como todo dia, isso é equilíbrio!

Low Carb simples pra vida real!

A sobremesa me pega, porque o creme de leite 100% natural não é fácil de achar e carregar pro trabalho,restaurantes nunca tem!

O que tenho feito é pegar frutas, mesmo as que não são “low carb”, como banana prata, melancia e manga <3 e outras. Vez ou outra, coloco logo leite condensado mesmo.

O ideal pra minha saúde era comer um chocolate 80% cacau e um café preto. Também faço isso alguns dias ou tomo só o café sagrado após o almoço.

Vou alternando entre uma opção 100% saudável e uma de baboseira.

Espero que essas imagens e minha experiência sejam úteis para quem quer seguir a low carb ou só conhecer.

O site que criou as imagens que estão nesse post é o dietdoctor.com, minha melhor referência quando o assunto é low carb
2 In Beleza e Bem-Estar

Cardápio detox: voltando ao rumo

Cardápio Detox é um hábito que venho tentando incorporar na minha rotina há algum tempo.

Comecei esse ano bem devagar, capegando, mas decidi que Janeiro vai ser o meu mês de desintoxicação. É hora de desingraxar as articulações e voltar pro jogo de cuidar da minha saúde.

Começar o ano seguindo um cardápio detox é só uma das coisas que estou fazendo para minha desintoxicação!

Mas, a desintoxicação é um desafio imenso.

Não apenas porque vou diminuir o álcool, açúcar refinado e glúten, entre outros dos meus vícios favoritos. Mas, porque vou cozinhar mais em casa, o que pode parecer simples, mas me dá 5x mais trabalho.

Cozinhar ou comprar marmitinhas, tudo vai depender da minha agenda no trabalho.

Por isso, para tornar a minha desintoxicação mais REAL, montei um Cardápio Detox com receitas básicas e simples.

São receitas para deixar semi-pronto com antecedência, mas que tem um tempo de cozimento baixo. Eu levo em consideração que eu trabalho 12 horas por dia e se eu complicar demais, não rola.

Modéstia a parte, acho que todas as receitas tem toneladas de sabor, mesmo sendo simples. São refeições complexas, caseiras e limpas todos os dias, igual aprendi na reeducação alimentar. Com um pouco mais de dedicação nos dias de preparação e o meu cardápio detox fica 1000 vezes mais delicioso – sem mencionar fácil.

Sobre a lista de compras, preparação e planejamento:

Fiz uma compra grande num domingo pela manhã e cozinhei a tarde, por 2 horas. Depois só precisei de uma parada rápida num empório para um reabastecimento na quinta-feira.

Me dou cerca de 20 minutos de tempo de preparação todas as manhãs para montar o café da manhã e almoço (quando vou levar marmita).

O jantar eu faço todo dia em menos de 30 minutos pra comer tudo fresquinho.

Mas, o cardápio detox não funciona sozinho. Estou seguindo algumas limitações para ajudar o corpo a se desintoxicar de vez!

Reduzir:

Não vou ser hipócrita e dizer que vou cortar esses dois prazeres, mas vou diminuir muito o consumo.
Vou focar em beber vinho ou vodka e evitar cerveja. Me limitar a dois café expressos por dia, que eu já tomo sem açúcar.

* Cafeína
* Álcool

Cortar:

Tudo que está aqui na lista eu já não como com frequência. Mas, como por exemplo, aos finais de semana, coisa que eu vou evitar nesse cardápio detox mensal.

* Laticínios
* Glúten
* Milho
* Soja
* Batatas e Mandioca
* Açúcar refinado
* Arroz branco

Evitar ou comer com parcimônia:

* Marisco
* Carne vermelha
* Ovos
* Nightshades (tomates, berinjelas, pimentas, batatas)
* Geléias, mesmo naturais e sem açúcar.

Vamos ao cardápio? Se você quer entender como eu monto um cardápio, leia esse post aqui (é link).

Para o lanche e café da manhã

Meu café da manhã e lanches são bem simples porque eu sempre como no carro a caminho de algum compromisso.

Tenho essa receita de Panqueca simples sem glútem e sem lactose como uma opção pra deixar na geladeira e ir variando o recheio e acompanhamento.

  • 1 xícara (chá) de farinha de arroz
    1 ovo
    1 xícara (chá) de leite sem lactose
    1 colher (sopa) de óleo de coco (doce) ou azeite (salgada)
    1 pitada de sal ou xilytol/stévia
  • Bater tudo no mixer e assar.

Minhas variações: biscoito de arroz, tapioca, crepioca e mini tortinhas que aprendi essa semana (quando acertar a receita eu posto aqui).

Para o almoço

Meu almoço tem sido em restaurantes, enquanto estou no escritório que não posso levar marmita. No meu prato diariamente tem folhas verdes (escuras de preferência), leguminosas, vagens, chuchu e uma proteína magra, de preferência peixe.

Para o Jantar

Comprei 1kg de peito de frango, 2kg de peixe branco, 15 ovos e 1 queijo branco sem lactose para o mês inteiro. Essas quantidades dão pra duas pessoas, sou péssima em medidas.

Deixo os temperos já cortados na geledaira e uso basicamente cebola, alho, salsa, cebolinha, sal do himalaia e pimenta em pó.

Compro um pote de mix de folhas por semana para ter sempre uma salada fresca de acompanhamento.

Tenho 10 opções de pratos na minha lista para o cardápio detox:

  • Ovos mexidos com legumes (cenoura e vagem).
  • Frango desfiado ao curry.
  • Frango desfiado com legumes picados.
  • Peixe no leite de coco.
  • Peixe refogado no limão.
  • Panqueca com frango desfiado e queijo lac free.
  • Omelete com queijo lac free.
  • Crepioca com queijo lac free e frango.
  • Cubos de peixe frito no azeite trufado.
  • Peixe assado com chuchu no limão.

Para facilitar, cozinho o fango/peixe de uma só vez e vou usando dias seguidos variando e reaproveitando o tempero. Por isso, sempre como peixe/frango dias seguidos aqui em casa, eu não ligo.

Minhas opções especiais para os finais de semana ou quando dá vontade:

  • Pão de queijo sem glúten e sem lactose.
  • Macarrão de arroz ou biffun.
  • Carne vermelha em cubinhos – que eu amo ♥
  • Chilli sem feijão – só carne/bacon/queijo/pimenta.
  • Strogonoff lac free.

Agora, minha luta vai ser sobreviver a TPM!

Um edit pré publicação: A inclusão dos alimentos da lista abaixo auxiliam esse processo de detox do corpo. São alimentos que atuam no processo digestório, no melhor funcionamento hepático e imunológico. Todos tem propriedades anti-inflamatórias, anticancerígenas e ajudam a combater os radicais livres, fazendo com que o organismo volte ao equilíbrio.

17 alimentos detox - Cardápio detox