0
    0 In Estilo de Vida

    Como me organizar para começar bem a semana?

    como me organizar

    Nem toda segunda é dia de começar dieta, ou academia…

    Segunda-feira é dia de começar a (minha) semana útil e tenho o hábito de me organizar para começá-la bem.

    Todo começo precisa de organização para ser bem sucedido.

    Não sou expert em organização, por isso vou me limitar a falar do que eu faço para me organizar e começar qualquer coisa muito bem.

    Seja começar a semana/mês/ano, cursos, atividades, projetos, planos, etc…

    Listar o que é importante e tudo que precisa ser feito.

    Sempre que vou iniciar algo eu faço uma lista de verificação inicial. Um apanhado, desde as pequenas coisas, que tem relação com o que eu vou iniciar.

    Anoto tudo que precisa ser feito, comprado ou verificado. Mesmo as coisas básicas que, em geral, faço no automático.

    Um exemplo, para começar a semana, minha lista de verificação tem:

    • Ideias de cardápio da semana.
    • Checar a gasolina carro.
    • Compromissos.
    • Contas a pagar
    • Contas a receber.
    • Lista de compras.
    • Cuidados pessoais que preciso fazer.
    • Entregas no trabalho.
    • Eventos.

    Se vou fazer algum curso eu listo dias/horário das aulas, materiais a usar, como vou até o local, etc…

    Essa lista é uma referência que eu mantenho comigo até concluir tudo. Vou marcando quando concluo algo e faço notas para a próxima semana, se precisar.

    Nessas notas eu registro tudo que seja possa ser uma atividade/tarefa futura. Contas não pagas ou não recebidas, compromissos adiados, manutenções que vão chegar, etc.

    Eu me dou bem organizando os detalhes a cada semana. Mantenho uma organização mensal macro com grandes acontecimentos e tarefas recorrentes, apenas.

    – Quem usa planner, tem uma página de planejamento mensal e a cada semana uma página para a organização semanal.

    Planejar depois de listar

    Pensando ainda no começo da minha semana: todo domingo eu reviso as finanças. Vejo as contas bancárias, o extrato do cartão e atualizo minha planilha (com gráficos lindos que mostrei no stories).

    Todo planejamento que faço começa pelo financeiro, vida de proletariado! Mas, se dinheiro não é problema por aí, desconsidere esse passo, sua ryca! 😀

    Para começar a semana ou qualquer outra atividade eu listo os gastos (na etapa anterior) e planejo cada um.

    Com essa lista eu determino se vou usar o cartão de crédito, quantas vezes e etc. Eu planejo até se preciso/posso sacar dinheiro, quando farei isso e para quê usarei o dinheiro.

    Aqui eu sei se, por exemplo, preciso comprar material para estudar como vou pagar, em quantas vezes e etc…

    Só assim não vou ser pega desprevenida se algum imprevisto chegar. Vai por mim, eu já deixei de fazer isso e confiei à outros essa organização e me ferrei!

    Me organizar para começar a semana não é uma tarefa com prazo para acabar.

    Aí vem a parte que faço a cada dia!

    Controle e foco

    Uma coisa comum à todas pessoas organizadas é ter controle e foco. Confesso que o foco ainda é difícil de manter 100%, mas manter controles me ajuda.

    Criei o hábito de anotar tudo, gastos, tarefas, ideias. Essas notas me ajudam a controlar cada uma das minhas atividades e a manter, por consequência, o foco.

    É chato? Sim! Mas, eu entendo que o controle minucioso das coisas me traz benefícios além da organização.

    • Fico menos ansiosa:

    Sabendo exatamente o que tem que ser feito e o que eu já fiz eu controlo minha ansiedade.

    • Mantenho as finanças em ordem:

    Proletariado sofre e precisa controlar cada centavo, sim! Não é coisa de gente taurina mão de vaca, grandes coaches financeiros recomendam ter controles.

    • Aproveito melhor meus recursos/tempo para viver mais.

    Quando eu controlo as atividades, tempo e dinheiro eu me organizo para ser mais produtiva e viver melhor. Uma coisa vira consequência da outra.

    No final da semana, eu reviso e passo as notas e controles para as planilhas definitivas que eu mantenho.

    Planilha de projetos pessoais: onde eu planejo cursos, freelas e etc;
    Planilha financeira: a menina dos meus olhos, que de Abril/17 prá cá se tornou meu orgulhinho <3

    Já falei que eu sou a louca das planilhas, né? Por isso, ainda tenho um texto que eu conto como eu comecei a me organizar melhor.

    Aí começa tudo de novo, tanto que virou hábito 🙂