Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
0
0 In Beleza e Bem-Estar

Zen Project: reeducação alimentar na vida real!

ZEN PROJECT VIDA REAL CAPA

O Zen Project é meu projeto pessoal para manter o foco na reeducação alimentar que comecei anos atrás.

Lembram que eu entrei numa transformação de saúde, que refletiu no meu corpo e mente positivamente? Compartilhei tudo aqui no blog e me fez bem escrever, falar dos dilemas com a saúde como um todo.

Esse ano eu notei um aumento representativo nas buscas pelos meus cardápios aqui no blog e achei bacana dividir o que eu faço hoje. Como tenho mantido a saúde e a sanidade depois de ter sofrido um bocado.

Reconheci no Zen Project uma forma de manter tudo que aprendi e apliquei para curar meu corpo, por isso faz sentido escrever aqui sobre ele.

Muito além do reflexo positivo no corpo e autoestima, eu mudei meu paladar e decidi como gosto de me alimentar. Com equilíbrio e flexibilidade, respeitando meu corpo e minhas vontades.

No meu processo eliminei 20 kg e controlei uma síndrome metabólica. 

Foi no dia a dia corrido e mudanças emocionais que não me deram trégua que eu encontrei no Zen um modelo que reforçou minha saúde e minha autoestima.

Eu explico nos posts de reeducação alimentar que controlar glúten, açúcar e gorduras é o que eu devo fazer pra sempre. Por isso, me adaptei ao Zen e sinto que dividir ele aqui faz muito sentido para ajudar quem quer começar.

A abordagem do Zen Project é idêntica ao tratamento que fiz numa famosa clínica de São Paulo.

Meu tratamento passado focou em recuperar meu metabolismo, controlar índice glicêmico e hormônios. Por isso a perda de peso foi necessária no processo para que eu ficasse saudável.

Tenho no Zen Project as mesmas suplementações que comprava com o endócrino, exceto pela injeção que eu tomava no consultório. Mas, era uma necessidade pontual dos meus hormônios.

Sigo o mesmo modelo de reeducação que me ajudou anos atrás usando meus cardápios simples. Lembra do cardápio de 600 calorias por dia?

O conceito alimentar é o mesmo, mas bem menos restritivo, muito mais tranquilo de seguir!

Hoje não preciso ir ao endócrino todo mês, nem na nutricionista toda semana, pois faço meu acompanhamento semestral, mas o Zen Project não tem restrições para pessoas saudáveis.

A diferença é que hoje não preciso mais pagar absurdamente caro pelo acompanhamento e medicação do endócrino. Graças a Deus meu check-up está lindo, sou saudável e com o Zen Project consigo seguir a reeducação alimentar que aprendi tranquilamente.

Quer fazer o Zen Project comigo?

Para conhecer o que é o Zen Project e como aplicar os três pilares você pode:

 

E, claro, não precisa comprar nada, eu sigo o Zen Project porque conheci e gostei. Pela confiança nos resultados que tive no passado e com toda segurança e confiança do meu médico. O mais importante é você conhecer e aplicar os ensinamentos para sua vida, tá?

O Zen Project tem três pilares: reduzir o apetite, queimar gordura e ganhar massa.

Fases do Zen Project

De Fevereiro desse ano até aqui eu me vi com um apetite imenso, comendo muito doce, mais do que eu estava acostumada. Refletiu na minha imunidade e no meu exame de sangue.

Era uma fome mais emocional e de ansiedade do que física, mas mesmo sabendo disso eu exagerei na minha liberdade.

Por isso, vou fazer o Zen Project certinho, do zero. Preciso reiniciar meu metabolismo e meu cérebro, como fiz no passado. Quero cortar a necessidade de comer doce ou muito sempre que estou ansiosa.

Claro que não é um trabalho só físico, é mental e emocional. Mas, como no passado a mudança levantou tantas outras coisas boas, hoje eu só posso agradecer a Deus por ter vivido!

Aliás, eu deveria ter prestado atenção em todos os sinais antes, teria sofrido bem menos. Apesar dos surtos e mudanças surreais dos últimos anos, eu sigo agradecendo. Agradeço até muito mais hoje que me vejo tão mais capaz, mais forte, mais inteira!

You Might Also Like

No Comments

Let's talk!