0
Browsing Tag

Restaurante

0 In Estilo de Vida

Restaurante Contemporâneo em São Paulo: Casa Ramona

Restaurante Contemporâneo em São Paulo - Ramona-2

Casa Ramona ou só Ramona é um restaurante contemporâneo em São Paulo. Escondido na parte “feia” do centro da cidade, mas que vale a pena visitar.

Dia 30 de dezembro fui ao Centro de São Paulo resolver algumas coisas perto da 7 de Abril/República. No caminho a fome apertou e eu pesquisei na internet onde comer uma comidinha diferente ou um bom hambúguer.

O Ramona estava bem ali no miolo feio dos prédios antigos e das pessoas abandonadas. A fachada parece mais um café do que restaurante, quase passei batido na frente de tão escondido.

Restaurante Contemporâneo em São Paulo - Ramona-16

Ainda bem que voltei! Apesar da cara de café o Ramona tem um cardápio apetitoso, viu?

Mas, antes de falar da comida deixa eu contextualizar:

Era o último dia útil do ano de 2016. Quase tudo estava fechado na cidade, a única loja que eu queria ver estava aberta, mas não tinah nada ao redor pra comer.

Li coisas boas sobre o Ramona numa pesquisa rápida e fui conferir. Como a casa estava vazia, só 2 mesas ocupadas, me animei, mas…

Me deparei com um atendimento bem ruim.

O Ramona é todo descolado e informal as garçonetes tem essa mesma pegada. Eu gosto do atendimento assim, em geral é mais leve.

Mas, a moça foi desatenta, relapsa e não conseguiu indicar um prato de modo decente. Mesmo eu tendo avisado que era minha primeira vez na casa, ela só me disse: “ah somos um restaurante contemporâneo você pode comer o que você quiser!”.

Mas, eu estava num good mood tão GOOD que desconsiderei. Quase sempre fico puta com atendimento mala e sem interesse.

Pedi o hambúrguer da casa e meu acompanhante pediu um bife ancho com risoto.

Se a comida fosse ruim, o Ramona não ganharia nem uma resenha aqui. Minha lei aqui no blog é não falar sobre coisas negativas e não divulgar coisa ruim.

A comida compensou a garçonete mala e as 50 coisas que pedi e não tinha na cozinha. Ok, último dia de dezembro a gente disconsidera.

A comida não só compensou como ganhou, viu?

O hambúrguer Ramona veio suculento, ao ponto e com um ovinho mole (que é difícil eu gostar) por cima. Super bem montado e bem servido.

O ponto alto do hambúrguer, foi o queijo canastra com o ovo. A maionese da casa não se destaca, mas não some, fica ali dando um saborzinho bem bom ao conjunto.

Restaurante Contemporâneo em São Paulo - Ramona-10

O bife ancho com risoto estava simples, mas numa combinação de sabores que casou. A vinagrete de pimenta biquinho ajudou a dar um tchan no risoto que tinha brie e pêra.

Restaurante Contemporâneo em São Paulo - Ramona-11

Os pratos vieram tão bem feitos que dá pra esquecer que está num “restaurantezinho” do centro de São Paulo. Parece preconceito, mas não é!

Trabalhei anos naquela região e precisamos de mais locais surpreendentes assim por lá. Fugir da rota comum dos clichês de restaurante contemporâneo em São Paulo é bem difícil porque ainda temos poucas opções.

De sobremesa um pudim de leite condensado. Não decepcionou, caseiro e nada enjoativo eu quase lambi o prato! Simples e bem feito, do jeito que eu gosto!

Restaurante Contemporâneo em São Paulo - Ramona-15

A decoração da casa é ótima e bem confortável mesmo num espaço diminuto. Achei linda a combinação de madeira com turquesa, a luz baixa e o bar todo de espelho.

O preço é a média dos concorrentes, nem mais barato, nem mais caro. Média de R$ 200 duas refeições, uma bebida, sobremesa e um café.

Pra quem curte baladas e jantares na madrugada, o Meninas no Boteco fez uma visita na noite do Ramona e contou como foi (link ao lado).

Como restaurante contemporâneo em São Paulo o Ramona entra pra lista de boas surpresas que SP esconde.

A Casa Ramona ainda está de parabéns pelo site que foi o que me convenceu a ir até eles. O cardápio completo fica disponível, com todas as informações da casa.

Deixa eu registrar mais uma coisa sobre o atendimento:

Ao pagar a conta, eu disse “obrigada, foi um prazer conhecer vocês”, sabe o que a garçonete fez? Nada! Pegou a máquinha do cartão e virou as costas comigo ainda falando.

Não acho que esse seja o padrão de atendimento da Casa Ramona, mas, olha!?! Chato viu?

0 In Estilo de Vida

Jantar de Ação de Graças em SP: PJ Clarkes

PJ Clarkes - Jantar de Ação de Graças (4 of 4)

Eu me dei conta que eu não publiquei nada sobre meu jantar de ação de graças em SP! As fotos estavam no celular então vou aproveitar e indicar o restaurante.

Pelo segundo ano consecutivo meu jantar de ação de graças foi no PJ Clarkes, um restaurante americano no coração do Itaim.

Todo ano eu procuro opções para celebrar o Thanksgiving, especialmente, depois de viver essa data nos EUA. Mas, em SP são poucos os locais que fazem o autêntico jantar de Ação de Graças.

O PJ Clarkes oferece todo ano um cardápio especial para o jantar de ação de graças. Há dois anos eu sei que o cardápio se mantém o mesmo, uma refeição simples, mas bem tradicional.

Como entrada um milho cozido com manteiga de ervas na entrada, prato principal peito de peru assado com farofa de pão, molho gravy sauce feito do cozimento do peru com especiarias acompanhado de purê de batatas com geléia de cranberry. A sobremesa é Pecan Pie (Torta de Nozes).

Sou suspeita pra falar desse cardápio, porque as duas vezes que fui ao PJ Clarkes foi para o jantar de ação de graças! O salão do Pj Clarkes me lembra muito o restaurante que jantei no Thanksgiving em Washington – DC em 2013. Os pratos são simples e deliciosos, com gosto de comida caseira, comfort food no melhor estilo made in the USA.

As fotos como sempre não fazem jus aos pratos, mas vou postar mesmo assim 🙂 a entrada não teve foto porque eu passei a minha adiante 😀 milho não estava liberado na dieta.

PJ Clarkes - Jantar de Ação de Graças (1 of 4)

O prato principal é delicioso, o que eu mais gosto é a combinação do purê de batatas com geléia de cranberry e a farofinha

A Pecan Pie do Pj Clarkes é igualzinha as que comi nos EUA, doce na medida, nada enjoativa, consistente e sou suspeita pra falar de doces né?

PJ Clarkes - Jantar de Ação de Graças (3 of 4)

nem esperei a foto pra comer o primeiro pedaço 🙂

Esse ano o PJ Clarkes deixou cardápio regular da casa aberto para quem não quisesse o jantar de Ação de Graças e não teve reservas.

Posso dizer que preferi o restaurante assim? Mais vazio que o ano passado, atendimento bem melhor e mais atencioso. Mas, a casa merecia estar lotada, de verdade!

Tem valet na frente da casa por R$ 20,00 e opções especiais para o happy hour. Agora quero voltar na casa e conhecer os hambúrgueres 🙂

3 In Estilo de Vida

Vicolo Nostro | Um restaurante italiano escondido em São Paulo

Foi um achado em São Paulo, um verdadeiro restaurante italiano para ocasiões especiais, românticas e até casamentos.

Feriado em São Paulo o Excelentíssimo* me fez a primeira surpresa em 6 anos juntos e reservou – com semanas de antecedência #milagre – um restaurante italiano pro nosso almoço especial de aniversário de casamento.

Casar no feriado tem seus benefícios, mas na hora de comemorar precisa fazer reserva com uma boa antecedência. Seria lindo já que ele conseguiu a reserva em um ótimo restaurante italiano, né?

Tudo quase perfeito, exceto pela dieta restritiva que estou fazendo, falei sobre o processo aqui. Como faz? Senta e chora? Cancela o aniversário de casamento? Não, comigo gente!

O Excelentíssimo me acompanhou em uma consulta e, como eu sabia que nós sairíamos para comemorar, eu pedi a permissão da Nutricista pra sair da dieta. Mas, Dra. Isabella não deixou (claro, né? Nutri boa é assim) mas, aceitou que o Excelentíssimo contasse pra ela onde ele ia tinha feito as reservas e passasse o cardápio para ela escolher o que eu pudesse comer.

Chegou o dia e eu nem sequer sabia se estava indo para um restaurante italiano, japonês, tailandês ou churrascaria – a Doutora manteve segredo junto com o Excelentíssimo. Muito amor envolvido <3

Escondido pertinho do Brooklin, numa ruazinha lateral que você não acredita, eu fui surpreendida por uma parede arborizada, tijolos e tons de madeira e entre o verde das folhas uma porta que quase não se vê ao virar a esquina. Passando o pórtico, um caminho de paralelepípedos e muita luz natural em meio a grandes colunas de tijolo aparente e um jardim lindo, fontes e detalhes em cada olhar.

 

Me senti num romance italiano, a música, a luz amarelada quase toda natural no salão. A ambientação, inclusive dos banheiros, é linda, feita para nos trazer a atmosfera das vilas da Itália e, verdade seja dita, eles conseguem! Tudo o que falam da decoração do Vicolo Nostro é verdade: ela encanta!

Aliás as avaliações desse restaurante italiano são ótimas em todos os sites que pesquisei, vou até colocar no meu perfil do Trip Advisor uma avaliação.

Há mesas na varanda e um salão interno, mas acredito que pelo feriado não pudemos escolher uma pena porque a varanda é, sem dúvida, o lugar mais charmoso do restaurante. Ficamos apertadinhos numa mesinha posicionada embaixo do casal Othelo e Desdemona, marionetes em tamanho real vindas de Praga para a decoração do restaurante. Apertadinhos mesmo, no espaço entre a parede a lareira, mas não ofuscou o brilho da tarde.

Aqui talvez o único ponto negativo a se observar: o salão é pequeno e achei a mesa muito apertadinha e todas as mesas ficam muito próximas, o que faz o ambiente ser bem barulhento.

 

O atendimento do Vicolo Nostro é muito cordial e ágil, quase exclusivo com um garçom por mesa ou 2 mesas, não consegui reparar. Só um ponto de me deixou curiosa, o garçom não apresenta a casa e nem o cardápio. Fiquei querendo ouvir mais sobre os pratos.

 

Ponto positivo no atendimento fica por conta da atenção, mesmo com todas as restrições que tive que passar nos meus pedidos eu fui surpreendida muito positivamente. O garçom que, por descuido não perguntei o nome, não só garantiu que meus pedidos fossem atendidos como sugeriu uma substituição do cardápio para atender melhor meu prato principal.

 

Abrimos com o couvert, de pães e molhos, muito bem servido. O Excelentíssimo, teve que comer sozinho e era só elogios, aos pães quentinhos e complementos saborosos, em especial a sardela e creme de queijo gorgonzola.

restaurante-italiano_vicolo_nostro_review-2

Em seguida, escolhemos um vinho Pinot Noir, uma das uvas que mais gosto e que harmoniza bem com carnes vermelhas magras e queijos brancos apurados (camembert e brie). A Nutri me liberou para tomar meia taça de vinho na ocasião.

Ah, a casa nos recepcionou com um frizante branco bem gostoso e suave, dei um gole, claro!

restaurante-italiano_vicolo_nostro_review-3

Vinho escolhido: Queulat Pinot Noir, Ventisquero Gran Reserva. Ao lado o frisante da casa, suave para abrir o apetite.

Como entrada, para mim, um mix de folhas frescas com fillet mignon e para o excelentíssimo salada com polenta e queijo. Pedi o molho a parte e tudo sem azeite ou óleo, estava saboroso e realmente fresco, o fillet no ponto certo e macio.

A foto não faz jus a salada, eu comecei a comer e só lembrei de fotografar depois.

Restaurante Italiano Vicolo Nostro - Insalata

Insalata con Filetto

Eu sempre digo que em restaurantes com grande nome os detalhes fazem a diferença, o ponto da carne, a textura das folhas e em tudo isso o Vicolo Nostro foi impecável.

Como prato principal, a nutri escolheu um fillet de Saint Peter com purê de aspargos e, por sugestão da casa, substituí por espaguete de legumes, com pupunha, abobrinha e cenoura. Mesmo sem provar o purê de aspargos, que tinha creme de leite, o espaguete de legumes veio na medida, apimentadinho e casou com o fillet.

Restaurante Italiano Vicolo Nostro - Peixe

Filetti de San Pietro modificado para minha dieta!

O peixe estava suculento, pouco óleo no preparo e mesmo assim molhadinho por dentro. Um prato simples, mas que merece elogios.

Excelentíssimo escolheu risoto de funghi com fillet mignon recheado de queijo brie e, palavras dele: a pessoa que inventou esse prato merece um prêmio. São sabores que casam muito bem e eu que amo risoto fiquei babando.

Restaurante Italiano Vicolo Nostro - Filetto

Filleto Ripieno con Brie

Pra fechar o encanto, recebemos do restaurante um bolo de algodão doce. Uma fofurice sabe? A criança dentro de mim saltou nos meus olhos, com uma mensagem delicada de felicidades e os parabéns do garçom e do maitre. Mas, quem saboreou com gosto foi o Excelentíssimo.

Restaurante Italiano Vicolo Nostro - bolo de algodão doce

A sobremesa foi seleção de frutas gratinadas com zabaione e fechamos a tarde com um espresso e os pettit fours, deliciosos e caprichados, tudo tão bonito que eu precisei provar #ops

Restaurante Italiano Vicolo Nostro - Sobremesa

Frutta gratinata allo Zabaione

Tivemos uma tarde encantada, mesmo com as restrições eu amei o restaurante. Vou voltar para conhecer as massas da casa, assim que puder!

Se você vai comemorar algo especial, ou está buscando um restaurante para uma cerimônia de casamento initimista, vale conhecer o Vicolo Nostro.

Ah, tem vallet por R$ 25 reais na porta e recreação para crianças no salão.

*Excelentíssimo é como eu chamo meu sócio de vida no momento, meu Excelentíssimo.

14 In Estilo de Vida

Dia dos namorados no Terraço Itália

terraco-italia-capa

Um dos mais românticos e clássicos restaurantes de São Paulo, o Terraço Itália tem o posto do restaurante favorito para pedidos de casamento e declarações de amor a moda antiga.

Quer saber como é a experiência do jantar de dia dos namorados no Terraço Itália?

Eu te conto e pra contextualizar: eu fui convidada para um jantar romântico as cegas. Mas, entre o convite e minha resposta eu falei: “não é no Terraço Itália não né? Porque é clichê demais!”

– 99% fofa, mas aquele 1% sincerona <3 e pelas minhas experiências anteriores a probabilidade desse jantar ser um fiasco era grande!

Pra destruir a auto estima do boy ele havia reservado o Terraço Itália no dia dos namorados. Depois das risadas constrangidas, eu aceitei e comecei a me precupar com o que vestir.

Na minha mente eu via senhoras da alta classe de SP me olhando de cima abaixo procurando as etiquetas de grife no meu look minimalista.

Com a roupa escolhida, eu voltei aos meus remotos sonhos do que seria um jantar romântico perfeito. Tinha luz de velas, um príncipe encantado, violinos, comida, vinho… Suspiros.

Chegando ao Terraço Itália o serviço de valet muito educado na porta, por meros R$ 25. Tapete vermelho, hall com luz amarelada e me vejo numa atmosfera vintage, uma exposição de fotos e o elevador antigo.

Pegamos o elevador com um casal de senhores de alta classe. Eu gravei essa cena na memória: ele usava gravata borboleta, terno e um sapato que brilhava tanto quanto o porcelanato do chão. Ela usava um vestido preto reto, colar de pérolas devidamente ornando com um pequeno brinco e seu cabelo loiro/grisalho que não tinha um fio fora do lugar.

Me senti nos anos 20 e só parei de sorrir com os olhos quando eles retribuiram o sorriso e nos deram boa noite.

Chegamos no último andar, um fotográfo na entrada toda ornamentada com flores vermelhas. Levamos a foto em um quadrinho de recordação.

A hostess nos indicou o caminho passando por um primeiro ambiente, meia luz, mesas brancas, um piano, música suave. Chegamos no Salão Nobre, uma das amplas salas do Terraço Itália.

O maitre nos indicou algumas opções de mesa na janela, escolhemos e de relance pude ver alguns casais e até grupos jantando no local.

Um parênteses para as roupas: tinha gente de jeans mas, o restaurante indica traje esporte fino. Só reparei nisso e fui tomada pela beleza do lugar, a vista, o ar de romance e a música, viajei!

dia dos namorados - jantar romântico - terraço itália-1

Se existe uma atmosfera perfeita para o amor o Terraço Itália, com certeza, está dentro dela. No momento que você se senta e olha ao redor, já era, está apaixonado por seja lá quem for que está na sua frente.

Se durante o jantar você se levantar e for ao mezanino, então pronto, casou! Aquele vento congelante, que faz a gente se abraçar é proposital do Cupido.

Fotos, sorrisos e assim você se encanta pelo lugar, olhando as torres da Paulista (eu acho?) ao fundo.

O jantar foi assinado pelo Chef Pasquale Mancini, um menu degustação gourmet. Em geral, em datas comemorativas eles tem um menu fechado onde você escolhe o salão e o tipo de mesa – o valor da reserva varia de acordo com essas escolhas.

Como era um jantar de dia dos namorados tinha a opção de comprar antecipadamente uma garrafa de Chandon Brut Rosé e ganhar um kit com 2 taças de acrílico personalizáveis. Eu ganhei <3

dia dos namorados - jantar romântico - terraço itália-4

As poucas fotos que tirei não fazem jus ao cardápio, mas vou mostrar mesmo assim. O amor é cego, vocês entendem.

Minha dica: tirem fotos, peçam para o garçom tirar fotos da mesa, eles estão acostumados e o local merece todos os registros.

Vamos ao menu do Jantar de Dia dos Namorados no Terraço Itália (versão 2015).

Antipasti: Terrine de foie gras com pêras ao vinho, Tartar de salmão e Burrata com presunto de Parma.

dia dos namorados - jantar romântico - terraço itália-2

Primi Piatti: Risoto de alho-poró e camarão e Mezzaluna de brie ao tartufo branco.

Só fotografei o risoto, que era o meu prato, pra não ser mal educada. Depois da entrada o risoto ficou “simples demais”, mas ainda assim delicioso.

dia dos namorados - jantar romântico - terraço itália-3

 

Secondi Piatti: Robalo com crocante de lagosta e mil folhas de batata e Carré de javali em seu próprio molho com polenta cremosa.

dia dos namorados - jantar romântico - terraço itália-8

Carré com polenta: simples mas delicioso gente, derretendo na boca. (foto abaixo)

dia dos namorados - jantar romântico - terraço itália-9

Uma terceira opção era medalhão de filet ao Chianti com risoto de açafrão.

Dolci Degustação: Crème brûlée, Merengue, Torta fiorentina e Sorbet de pêra artesanal.

Suspiros de saudade, muitos suspiros. Cada mordidinha era um pedacinho de céu na boca. A fofura dessa apresentação conta pontos comigo!

Fechou com chave de ouro.

dia dos namorados - jantar romântico - terraço itália-11

 

Saí de lá feliz por ter sido clichê uma vez na vida! <3 tem ocasiões que merecem.

A experiência do dia dos namorados no terraço Itália vale a pena, viu? Mas, quero saber de você quais os seus planos para esse dia dos namorados?