0
Browsing Tag

Casamento

2 In Estilo de Vida

As histórias escolhidas | Vai casar e quer ganhar o vestido de noiva?

Contar histórias é um privilégio, ainda mais histórias de amor, com muita vida real envolvida!

Acredito que cada história aqui traz uma verdade, uma vida cheia de lutas e suas recompensas. Quando eu li todos os textos com as amigas, seja no whatsapp ou compartilhando a planilha de inscritos uma coisa foi unânime: muito choro e emoção.

Eu recebi histórias lindas, cada uma a sua maneira. As que selecionei primeiro foram as que mais me tocaram e é triste que, das quatro escolhidas, duas não aparecerem durante os 2 dias inteiros de prazo de resposta.

  • Ainda uma pessoa, em especial, só se manifestou pra me ofender, depois do prazo. Uma pena, mas um claro sinal de que não era mesmo pra ela esse presente.

Esse prazo de 48 horas após a live foi decidido de comum acordo com quem estava na live, para ser o mais justo possível. Mas, não sei se há como ser justa quando lidamos com sonhos, desejo e principalmente com pessoas de formação, caráter e valores distintos.

Não penso em quem ganhou com ou sem merecimento, se fiz ou não justiça, se foi certo ou errado.

Penso que eu comecei essa doações, quando eu ainda morava em Mauá ajudando noivas que me pedindo ajuda por que eu fiz o meu casamento DIY. Doei as coisas que durante quase dois anos eu juntei para fazer o meu casamento e foi assim que comecei a me interessar por realizar os sonhos dos outros, a partir da minha luta para realizar o meu.

Depois disso eu tive a oportunidade de comprar minha primeira casa. Passei de menina que cresceu na periferia e morava em cortiços a mulher feita e que poderia doar toda a mobília do seu apartamento e ainda conseguir mobilhar a casa nova. Tudo só com meu suor e luta, algumas ajudas no caminho, mas a maior parte das porrada eram só minhas, a luta foi longa, mas a vitória

Foi nesse processo de conquista pessoal que eu comecei a fazer as doações que mostro sempre no stories do instagram – de roupas, móveis, livros, remédios e etc. Mas, foi nesse processo que eu reconheci que por muitos anos foram as doações de estranhos que garantiram a comida na mesa lá em casa.

Então não estou fazendo nada além de retribuir o bem que recebi um dia.

Pra encerrrar, são essas histórias que me fizeram doar um vestido de noiva para cada moça que escreveu. Leiam com o coração aberto, estão reproduzidas aqui como foram escritas, sem ajustes ou correções.

Sejam gentis e desejem os melhore votos as noivas 🙂 se eu ganhar bem casado eu divido com vocês no stories!

Oi Lis tudo bem? É a segunda vez que estou escrevendo minha historia, porque a primeira o computador desligou e perdi tudo que eu havia escrito! Mas vamos lá.. com a mesma emoção da primeira vez vou te contar um pouquinho da minha historia. Tudo começou em um momento muito conturbado da minha vida, e depois vim saber que também um momento muito complicado para meu noivo, ou seja, precisávamos mesmo nos encontrar para trazer um pouco de luz na vida do outro. Estava eu com meus 21 anos, cursando uma faculdade que não me deixava feliz e em um trabalho que não me completava, saia para a balada quase todos dos dias da semana e estava deixando meus pais muito preocupados. Eu tinha saído de um relacionamento abusivo que me deixou muito magoada e descrente no amor. Eu trabalhava como Agente de Organização Escolar ( a tia do corredor das escolas públicas sabe..?) no período noturno, que era o mais problemático.. haviam muitos usuários de drogas (que consumiam dentro da unidade escolar), havia alunos com Liberdade Assistida ( que eram alunos que haviam sido detidos mas estavam em liberdade para frequentar a escola), enfim, era bem complicado trabalhar pois os alunos tinham o costume de fazer o que queriam sem “ninguém atrapalhar”. Foi então que criei como estratégia me tornar “amiga” dos alunos mais problemáticos para tentar fazer com que eles se adequassem ao ambiente escolar. Foi nesse momento que eu me aproximei de um grupo de alunos e comecei a convence-los de que a escola não era lugar para certas coisas, e nos tornamos amigos. No final de fevereiro combinamos de ir ao cinema, era uma turma grande e resolvemos trocar telefones para combinar certinho o dia e horário do filme. Durante a semana que escolhemos para ir ao cinema quase todos os alunos desistiram de ir por algum motivo, e na sexta feira restavam apenas eu e o Arthur, um aluno do 1º ano do ensino médio, com 17 anos e 2 repetências, com certeza que iria ao cinema. Decidi então remarcar o cinema para um dia que a maioria pudesse ir e o assunto se encerrou. Mas algo estava diferente, o Arthur continua conversando comigo por sms e pessoalmente… fazia questão de parar e me cumprimentar, agora ele frequentava a escola todos os dias.. Duas semanas depois, adoeci e não iria trabalhar quarta e nem quinta feira. após ir ao medico com uma amiga, recebi um sms do Arthur perguntando como eu estava (ele não sabia que eu estava doente), falei que estava doente e que não iria trabalhar por dois dias, e ele me disse que se eu não fosse trabalhar ele também não iria para a escola!! Mandei mensagem falando que ele deveria sim ir para a escola, que não havia porque ele não ir só porque eu não estaria lá. A resposta dele demorou alguns minutos e veio enigmática… “vou parar de enrolar e falar logo..” Fiquei sem entender o que ele quis dizer e mandei mensagem..” não entendi, como assim parar de enrolar..?”, a resposta veio de imediato! “Quero ficar com você!”. Fiquei sem reação e não sabia o que responder, então ele mandou outra mensagem.. “Podemos nos encontrar?” Minha amiga então pegou o celular da minha mão e respondeu: “Podemos sim, onde?” Eu estava em choque, não sabia o que pensar e nem fazer. ele respondeu: ” na esquina do açai da rio bonito.” Demorei quase 2 horas para tomar coragem e ir encontrar com ele.. mil coisas passam na minha cabeça, ele estudava na escola onde eu trabalha.. era 4 anos mais novo que eu.. não era o tipo físico que me atraia.. enfim.. muitas duvidas estavam na minha cabeça, mas mesmo assim eu fui. Ele me esperou pacientemente por quase duas horas e depois me ouviu falar (sim, eu falo muito.. muito mesmo…) por quase 3 horas, em meio a celular tocando, sms chegando, chamada no rádio.. Ate que o celular tocou por mais uma vez e era minha mãe. Ela já estava muito preocupada comigo e queria saber que horas eu chegaria em casa, disse que já estava a caminho e desliguei o telefone. Olhei para o Arthur, disse que tinha que ir para casa e liguei o carro. Pela primeira vez em cerca de uma hora ele falou…” E você não vai nem me dar um beijo??” Gelei, meu coração disparou.. eu não sabia o que pensar e nem como reagir, minhas palavras estavam engasgadas e só consegui dizer.. ” Beijo não se pede..”, e ele me beijo! Foi um beijo diferente.. um beijo com vontade.. com paixão! Nos despedimos e não paramos de nos falar.. no dia seguinte nos encontramos novamente e nos entregamos um ao outro sem se importar com o mundo lá fora.. conversamos e descobrimos que os dois estão bem magoados com os relacionamentos passados e decidimos que não iriamos nos envolver profundamente, que iriamos nos conhecer.. Depois de uma semana, nos víamos todos os dias e percebemos que precisávamos um do outro, começamos a namorar no dia 21/03/2012, uma semana depois do nosso primeiro beijo. Passamos por alguns problemas na familia.. Eu não podia falar para minha familia que ele tinha apenas 17 anos, a familia dele não gostava que ele estivesse namorando com uma funcionária da escola onde ele estudava e que era mais velha do que ele, a diretora da escola descobriu que estávamos namorando ( nunca ficamos juntos dentro da escola, respeitávamos muito ) e me chamou para falar que ” Isso nunca vai dar certo, você sabe!! Não passa de um passatempo de adolescente” fiquei muito magoada e apenas perguntei se havia visto algo dentro da escola, ela me disse que não e eu então encerrei o assunto dizendo: ” minha vida pessoal diz respeito apenas a mim!”, para piorar um pouco mais a situação eu engordei cerca de 35 kg no começo do nosso namoro, e a família dele que já não gostava do nosso relacionamento começou a me olhar de forma reprovadora, me deixam de lado, não me queriam por perto. Mas ele me amava e me queria da maneira que eu estava, me dizia todos os dias o quanto eu era linda e o quanto ele era feliz por estar comigo. Eu entrei em um período muito difícil, não queria mais sair de casa, me sentia feia e inapropriada, e foi ele quem me deu forças para seguir em frente e mudar a situação. Hoje estamos a 5 anos e 4 meses juntos, sem brigas ou separações, com muito amor e respeito um pelo outro. passamos por preconceitos, dificuldades financeiras, depressão, mas nunca deixamos de nos amar nem por um segundo. Eu mudei de profissão, encontrei o que realmente amo fazer, terminei a faculdade e emagreci.. Ele terminou o ensino médio, se afastou das más companias e hoje cursa o ultimo semestre de faculdade. Nós somos dois guerreiros que ressurgiram do fundo do poço e hoje estamos a caminho de unir nossas vidas e criar uma familia feliz. Esse é só um resumo do que vivemos.. se quiser eu te conto muito mais.. Obrigada pela oportunidade de participar e tentar tornar meu sonho de casar vestida de noiva real.

Oi! Prazer, meu nome é Brendali, e venho com muito orgulho contar um pouco da minha história com meu grande amor Vitor. Eu conheci meu namorido no trabalho, (chamo-o assim devido ao tempo que estarmos juntos e porque estamos morando juntos desde Abril deste ano), o mais engraçado, é que foi o meu primeiro dia de retorno das minhas férias, quando eu saí de férias ele ainda não trabalhava lá, quando eu voltei assim que entrei na Empresa, me deparei com ele no corredor, nosso primeiro contato, olhar profundo, aquela olhada para trás, aquele sorriso radiante, e então já ocorreu aquele interesse, começamos a conversar, e com isso descobrimos que estávamos em uma mesma formatura, no qual ele era acompanhante da prima dele, e eu do meu primo, porém não nos encontramos neste momento, mas ficamos impressionados com este fato e até hoje comentamos sobre. Começamos a namorar oficialmente em 07/05/2010, sim, estamos juntos há sete anos e estamos na luta para realizamos nosso grande sonho do casamento, este sendo planejado há muitos anos, em 2015 com tudo planejado tivemos a mais linda noticia da minha gravidez de gêmeos, vivemos dias muito felizes sonhando, planejando, nos preocupando por ser gêmeos, mas infelizmente no meu primeiro ultrassom, a médica, diga-se de passagem, muito sem coração, disse com essas palavras, “você está grávida de gêmeos, mas você não terá nenhum filho, sua gestação não irá para frente”, e explicou que meu sangue não estava circulando para os fetos, como eu fiquei impactada com a notícia, claro que eu neguei, logo pensei, “como assim grávida de gêmeos e não terei nenhum, não essa médica está errada, tudo vai ficar bem”, passei com o médico, fiz os exames de sangue, fiz novamente a ultrassom em outro hospital, mas infelizmente a médica estava certa e tive que realizar a cirurgia para a retirada dos fetos, como todo relacionamento não é só de alegrias, passamos por este momento juntos, fortes, com o apoio de familiares e amigos, em 2016 estávamos planejando o casamento novamente, porque nosso AP seria entregue no fim do ano, mas mais uma vez o destino nos pegou de surpresa, e infelizmente o melhor homem dá minha vida, aquele quem sempre me acordou com café da manhã na cama desde criança até eu virar adulta, que sempre acordava na madrugada para me dar chá e medicamento quando eu estava doente, quem sempre me deu forças para ser independente e correr atrás dos meus objetivos, aquele quem estava ao meu lado na formatura da oitava série, do terceiro ano, e da faculdade, que graças a Deus eu consegui dar essas alegrias a ele, sim meu amado pai Carlos ficou doente, levei-o ao hospital e depois de muitos e muitos dias, de idas e vindas, foi diagnosticado com câncer no Fígado, Estomago e Pulmão, e veio a falecer em Outubro de 2016, deixando saudades para minha mãe, suas quatro filhas, quatro genros, três netos, duas netas, quatro irmãs, um irmão, etc. e continuamos unidos buscando forças um nos braços do outro, mas tem um lado bonito nessa história, meu pai e meu namorido sempre foram muito próximos, meu pai teve quatro filhas, porém sempre quis ter um menino, mas não conseguiu, quer dizer, não teve com a minha mãe, mas o Vitor meu namorido, mudou isso, enquanto meu pai estava no hospital ganhou o Vitor como filho, pois meu namorido começou a chama-lo de pai, realizando de alguma forma o desejo do meu pai de ter um filho, além disso, mais uma coincidências, ou destino não sei ao certo, meu pai tinha uma marca de nascença na mão na cor roxa, e meu namorido tem essa mesma marca, só posso dizer que Deus é bom em todos os momentos, todos nós passamos por momentos difíceis, temos nossas lutas, tenho muita fé em Deus, e sei que tudo o que acontece tem seu momento certo e um porque, meu pai perdoou quem deveria ser perdoado, amou quem deveria ser amado, cuidou de quem deveria ser cuidado, em fim, cumpriu sua missão e isso é o que me conforta, posso não entender o porque, posso sentir muito sua perda, mas creio que ele esteja em um lugar melhor e olhando por mim, e hoje dedico está oportunidade a ele, me dói não te-lo aqui para entrar comigo no altar, mas me conforta acreditar que ele está e sempre estará olhando por mim, e de alguma forma presente em minha vida. Desde já agradeço a oportunidade e diante de tantas perdas, tive essa alegria de morar com o Vitor a pessoa, que mais me apoiou e apoia até hoje, esse homem que me completa, que me lembra dos meus afazeres, que me conforta na madrugada quando acordo chorando por sonhos que despertam a saudade que sinto do meu pai, que me da forças para seguir em frente e que me ama como ninguém jamais me amou como mulher, em fim, eu creio que devo ganhar o Vestido de casamento numero 2, para termos nosso dia tão esperado e por todos os nossos dias de luta para realizar este sonho, e de tantos planos sendo adiados, precisamos que este plano se concretize, e para isso precisamos da sua ajuda, nada melhor para iniciarmos os preparativos do que ganharmos o Vestido da noiva que é o principal, a data do meu casamento será em 14/04/2018, escolhi está data porque é a mais próxima da data em que meus pais se casaram que foi em 16/04/1977, mais uma formar de ter meu pai comigo. Agradeço novamente pela oportunidade e estamos aguardando ansiosos pelo resultado.

Olá Lis, primeiramente, parabéns a sua atitude tão nobre de poder espalhar esperança e felicidade a outras mulheres, eu te desejo muita luz, muitas alegrias e que Deus possa te rebribuir e abençoar em dobro pois isso que você está fazendo hoje não a preço que pague! Lis, meu nome é Sônaly Michelle e tenho 25 anos. Sou filha mais velha de 6 irmãos e meus pais são autônomos. Hoje sou mamãe de um menino Théo e moro junto com meu noivo Jhonny, na casa dos meus sogros. Lis, seja bem vinda a minha vida!! 😀 Bom, eu e o Jhonny estamos juntos a 5 anos (29/06/12) ele era e continua sendo meu super amigo e foi assim que ele me conquistou, me e apoiando e me e motivando pois estava com início e de depressão, um dia eu o chamei para dançar eu precisava respirar, conversar e ele aí no meio de todo mundo se declarou pra mim! Kkk fiquei sem reação e no outro dia resolvi dar uma chance ao melhor amigo. Nosso relacionamento foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida, não sei te explicar o quanto hoje me considero feliz e forte, mais principalmente viva. Minha vida mudou muito se transformou completamente. Namorados 4 anos e descobrimos, que seríamos papais! A família toda vibrou, nosso filho é muito amado uma criança abençoada! Nesse período fiquei desempregada, mais uma vez a depressão me assombrava, e aí meu namorado convidou para morar com ele e os pais, no começo como tudo não foi fácil me senti uma formiga no aquário, mais tudo deu certo graças a Deus! Com o nascimento do nosso filhinho fomos morar numa kitnet (cozinha e banheiro) e hoje moramos na casa dos meus sogros pois a kitnet ficou pequenininha demais, e aos poucos estamos construindo o sonho da casa própria! Meu marido recentemente me comunicou que a empresa que ele trabalha vai fechar, e se por conta disso tivemos que adiar nosso casamento pela terceira vez, para 16 de setembro agora se Deus quiser e sei que ele quer, iremos ter a benção do pastor e depois vamos comer um bolo com suco aqui em casa pois com os extras que estou fazendo (faxina, babá e venda de docinhos) não consegui realizar o desejado sonho de um vestido de noiva, festa, na verdade nem alianças temos mais Deus sabe que o mais importante é termos um ao outro e principalmente viver o momento da benção com nosso filho ao nosso lado. Sinceramente, não ligo por não ter a festa ou chuva de arroz seria uma grande emoção sim, mais não vou me abalar por isso vou é agradecer por ter conseguido chegar até aqui e rezar para que meu grande dia seja completo de luz e se for dá vontade de Deus com esse vestido maravilhoso. Lis carei completamente radiante em ganhar o vestido, meu coração iria transborda de emoção e eu posso pedir pra minha madrinha fazer os ajustes ela é uma excelente costureira! E prometo que irei lhe mandar fotos da nossa benção e as guardarei com muito carinho pois o vestido irei passar para a próxima noivinha para que ela possa sentir a mesma emoção que eu tenho fé que vou sentir. É uma realização enorme viver esse dia!! Que seja um glorioso dia a todas nós, amém!!

Eu quero muito o vestido número 4 , bom eu e meu noivorido nos conhecemos pela internet, eu do interior do estado ele da capital, namoravamos a distancia e isso nos fazia sofrer, até auê decidimos morar junto, o plano inicial era fazer um casamento simples no cartório e um almoço para os familiares, mas a casa em que nos morávamos estava em péssimas condições e priorizam os por ter um lugar seguro para morar, pois bem a familia inteira se mobilizou foram feitos almoços para arrecadar dinheiro ele fazia horas extras no trabalho e uma pessoa nos ajudou demos entrada em nossa casa, daquelas popular, desde então nosso sonho é casar, ano passado no meu aniversario ele me pediu em casamento, foi muito simples com um anel que ele pudesse pagar, mas foi lindo, romântico e perfeito! Então eu fiquei doente precisei passar por duas cirurgias e mais uma vê tivemos que adiar, agora que melhorei decidimos marcar a data, para o final do ano vai ser simples apenas uma celebração ao ar livre em um lugar perto da nossa casa, e um coquetel para os convidados eu gostaria muito de ganhar p vestido pois não tenho condições de comprar, serei extremamente feliz se o ganhar apenas ele trabalha fora eu trabalho em casa faço doces Paes massas para vender, ainda temos a parcela da nossa casa para pagar w nos sobra quase nada eu queria muito ganhar assim que bati os olhos nele achei lindo me encantei, linda sua atitude parabéns!

 

Me identifico um pouquinho com cada história, desde a fé que mostraram as lutas que viveram. Para vocês Michelle, Brendali, Sonally e Liliane eu desejo mais do que um casamento feliz, desejo uma vida cheia de força e vitalidade para viverem o máximo e melhor que puderem!

Dois vestidos ficam em São Paulo e outros dois vão para o Sul, Paraná e Santa Catarina.

Como combinamos na live: eu peço que vocês que ganharam os vestidos os doem novamente para quem precisa, posso indicar algumas inscritas das cidades de vocês para facilitar a doação. Também se vocês não gostarem dos vestidos podem me mandar de volta que eu doarei para as próximas da minha lista de histórias escolhidas.

Vamos fazer uma corrente do bem com essas doações?

47 In Estilo de Vida

Vai casar e quer ganhar o vestido de noiva? [ENCERRADO]

Sim, nesse concurso cultural você pode ganhar um vestido de noiva!

Meu projeto #30paraos30 tinha como meta celebrar mudanças aconteceram nos últimos 2 anos na minha vida. Mas, eu não imaginava que o Universo fecharia esse projeto com mais mudança, mais coisas para me tornar a mulher que eu desejo e posso ser!

Há muito tempo eu queria fazer algo com SIGNIFICADO DE VERDADE para o meu aniversário. Sempre que celebro algo na minha vida eu coloco aqui no blog, é o meu jeito de comemorar e depois da terrível crise dos INTA – que durou uns 2 anos – eu queria fazer algo GRANDIOSO.

Não bastava ser uma festa, uma viagem, comprar algo pra mim.

Porém, mal sabia euzinha que Deus e o Universo queriam algo com MUITO MAIS SIGNIFICADO!

Eu acredito plenamente que toda vez que eu conquisto algo, ou realizo alguma coisa, grande ou pequena, eu retribuo a Deus e ao Universo ajudando quem precisa.

Esse ano eu não ganhei ou conquistei absolutamente nada viu? Tô rindo de nervoso nessa parte.
O que veio de presente foi nada menos do que muitas merdas voadoras explodindo na minha cara. Mas, já contei o que as merdas da vida me ensinaram aqui no vídeo sobre como a internet mudou minha vida.

Foi no meio de um monte de merda acontecendo (merda é palavrão?) que eu senti uma força imensa e tomei a  decisão de me libertar de tudo que era frágil em mim e na minha vida.

Meu presente veio em forma de muitas perdas, mas não demorou muito pra eu reconhecer que não era perda era benção ou lição. Foi assim que reforcei a certeza de que minha essência de alma é boa, lutadora, genuína, amorosa e nada vai mudar isso 😃 graças a Deus!

Por isso esse concurso se tornou ainda mais especial! Porque criou uma fé ainda maior no futuro e é com meu coração cheio de honesta gratidão que eu coloco no ar.

Esse concurso é minha forma de comemorar essa nova vida, nova idade, nova fase e principalmente a alegria e felicidade que eu tenho sentido por ser eu mesma, aqui no blog e na vida. Me sinto tão mais EU e tenho me visto a cada dia mais VIDA REAL, mais honesta e autêntica na busca do meu propósito sem nunca me perder dos meus valores e do meu caráter.

Quero espalhar essa leveza de alma que tenho sentido, essa felicidade, esse amor e gratidão para pessoas que precisam e que merecem!

Claro que eu acredito também que todo amor que a gente espalha, volta! <3 que assim seja.

Chega de textão! Tô animada, ai Jesus!

Se você quiser mesmo ganhar um vestido de noiva assiste o vídeo inteiro e presta bem atenção.

O vídeo foi gravado bem antes do projeto começar e por conta da greve dos correios dei uma segurada no lançamento. Mas, hoje não poderia ser um dia melhor para colocar esse concurso no ar.

A dinâmica do concurso é simples: me conta a sua história e escolhe um dos quatro vestidos de noiva que eu tenho aqui e preencha o formulário do vestido escolhido.

No vídeo eu mostro os vestidos e falo dos tamanhos de cada modelo. Esses vestidos foram feitos na Austrália para serem vendidos para lojas de locação, por isso tem tecido e estrutura pra ajustes.

Você precisa ter em mente algumas coisinhas:

  • Os vestidos serão enviados no estado em que estão.
  • Lavagem, ajustes e pequenos defeitos são por sua conta.
  • O envio vai ser via Correios – lembrando que se a greve não acabar a entrega pode demorar mais que o normal.

Se você quiser ganhar um desses vestidos de noiva, você tem de de 20 de maio até 20 de julho para completar a inscrição.

As melhores histórias escolhidas para ganhar um vestido de noiva serão divulgadas na terça-feira, dia 25 de Julho as 20h nas redes sociais do blog.

Lembra que se você ganhar, dependendo de onde você morar o vestido vai demorar pra chegar, tá? Pensa bem na data do seu casamento aí mana!

Se quiser ter mais chances de ganhar é só seguir o blog em todas as redes sociais e interagir comigo por lá, cada rede que seguir é uma chance extra e para se increver na newsletter e ter uma chance extra é só clicar aqui.

As fotos e os formulários de cada vestido:

Vestido nº 1: 

ganhar vestido de noiva sereia

Sereia, com camadas, todo ajustado com barbatanas e uma abertura na saia.

Tamanho até o 44 de busto, quadril até 110cm, altura até 1,80 por conta da fenda.

A fenda só fica visível ao caminhar, o tecido é leve e confortável.

Ganhar vestido de noiva de presente!

Vestido nº 2:

Ganhar Vestido de noiva princesa

Um vestido de noiva princesa simples, que pode ser usado com enchimento por baixo. Tem barra feita que pode ser solta.

Esse modelo era de uso em vitrine somente, por isso é simple, mas não deixa de ser um encanto.

Tamanho até o 42 de busto, 1.60 de altura, quadril até 120cm por ser de saia em A.

Vestido nº 3:

Ganhar vestido de noiva clássico

Um clássico! Cetim, com bordado e drapeado no corpo. Os amassados são culpa minha, esqueci de mandar passar antes das fotos 🙁 mas, depois de ajustado, lavado e passadinho esse vestido de noiva clássico é um deslumbre!

Tamanho até o 44 de busto, 1,80 de altura permite fazer barra facilmente e quadril até 115cm.

Vestido nº 4:

Ganhar vestido de noiva em renda

Vestido de noiva em renda, cor bege, mullet e lindo. É a mistura do moderno com o clássico.

Fechamento em zíper, tamanho de busto até 44. Quadril até 110cm. Altura até 1,70.

Nenhum deles é plus size, 🙁 fico devendo essa, não consegui achar nenhum plus size que eu pudesse comprar. Todos vestem os tamanhos regulares, por isso coloquei as medidas máximas sem ajuste. Minha dica é que os ajustes sejam sempre para menor assim não descaracteriza o vestido.

Ficou com alguma dúvida? Me chama que eu te explico!

Aviso legal: Distribuição gratuita de prêmios, sem fins lucrativos, comerciais e promovido por pessoa física em razão do resultado de concurso recreativo de acordo com a lei No 5.768, de 20 de dezembro de 1971 e a Portaria 422/2013 do MF.

RESULTADO DIVULGADO NA LIVE DO DIA 25/07 AS 22H NO INSTAGRAM:

As ganhadoras dos Vestidos de Noiva tem até quinta 27/07 para entrar em contato comigo.  Depois dessa data vou seguir para as próximas escolhidas para ser justa com todas.

  • Vou pedir que as ganhadoras possam doar os vestidos depois de usados para outras noivas da lista, vou tentar organizar por cidades próximas. Quem sabe dá certo, né?

Vestido 1 – Michelle Mimi (só colocou o nome assim) casamento marcado para
15/12/2018
Vestido 2 – Brendali dos Santos – casamento marcado para 16/06/2018
Vestido 3 – Sonally Michelle – casamento dia 16/09/2017 NOSSA SENHORA DOS CORREIOS ME ACODE!
Vestido 4 – Liliane de Oliveira – casamento dia 22/12/2017

12 In Vida em Casa

Dicas para o ensaio pré casamento

O post sobre meu casamento DIY  é um dos mais acessados do blog, tenho tanta coisa pra contar sobre esse dia e eu acho que vale a pena dividir.

Tudo no meu casamento foi feito de uma forma simples e pensado para ser prático e ter a minha cara.

O ensaio pré casamento era um plus, não estava dentro do orçamento inicial, mas eu quis me dar de presente.

Eu decidi que as fotos do pré casamento seriam usadas na decoração da festa e, depois, na minha casa. Por isso escolhi tudo para o ensaio com um certo cuidado, pra que fosse natural e se encaixasse no orçamento apertado as vésperas do grande dia.

Eu acredito que foto tem que ter destino, usar na decoração, save the date, na casa nova ou até no convite. Assim, o investimento tem mais sentido do que só postar no Facebook 🙂

Você pode ver como eu usei as fotos na minha decoração DIY aqui no blog.

ensaio-pre-casamento_DSC0654-MOTION

Comecei a pesquisar fotógrafos perto da minha região, que estivessem fora do métier de casamentos, foi o mesmo critério que usei pra escolher os fotógrafos do casamento.

ensaio-pre-casamento_DSC0471

  • Dica: quanto mais longe o fotógrafo ficar do local das fotos, mais caro o orçamento. Se você quiser um ensaio na praia, coloque o deslocamento na conta.

Fotógrafos mais badalados, que estão sempre nas feiras, cobram pelo nome, pela sua marca – o que é justo, viu? Não falo de caro ou barato, porque é relativo. Mas, é importante pesquisar porque não é só o fotografo mais famoso que entregará um serviço de qualidade.

ensaio-pre-casamento_DSC0729

O local do ensaio pré casamento pode ser indicado pelo fotógrafo mas, se você for escolher pense em segurança e infraestrutura, tanto quanto em beleza. O local precisa ter um banheiro pra facilitar as trocas de roupas, se você quiser fazer.

Segurança nem preciso falar, né?

ensaio-pre-casamento_MOTION

Nós escolhemos um parque da nossa cidade que além de bonito, já era parte da nossa vida. Tanto que no dia das fotos meu irmão estava lá com meus sobrinhos, o Gu e a Isa, que seriam meu pajem e daminha.

A fotografa teve a delicadeza de clicar eles <3 sem a gente nem pedir, sabe? Isso é um cuidado tão especial, que demonstra que ela estava ali pra contar nossa história de verdade!

ensaio-pre-casamento_DSC0297 ensaio-pre-casamento_DSC0300

As roupas do ensaio pré casamento eu quis que fossem o mais natural possível, era a gente sendo a gente. Nada de conto de fadas, arrumadinhos demais foi all-star e jeans que é a nossa cara!

Como sempre digo, em tudo nosso estilo deve falar mais alto!

Modinhas de coroas de flores, roupas brancas e etc., se não for a sua vibe só vai deixar vocês artificiais.

ensaio-pre-casamento_DSC0869-MOTION

O Excelentíssimo é travadão, ele não é como eu que amo registrar tudo em fotos e vídeos. Falei pra ele escolher as roupas e ele quis levar só duas camisetas, eu achei ok 🙂

A fotógrafa ajudou muito para deixar ele a vontade, ela ia sugerindo locais, posicionando a gente sem uma direção de fotografia forçada, como se fosse uma conversa entre amigos.

ensaio-pre-casamento_DSC0198

Acrescentei detalhes que deram um ~tchan~ nas fotos, por exemplo: eu levei minhas plaquinhas e os corações de feltro – que usei na festa e como buquê da daminha.

ensaio-pre-casamento_DSC0380

O que faz toda a diferença é vocês estarem a vontade e confortáveis. Tudo, desde as roupas, o local e a equipe precisam deixar vocês no seu ambiente seguro, para sorrir a toa 🙂

Segura a ansiedade e controla as brigas viu?

ensaio-pre-casamento_DSC0786-MOTION

Bruna (fotógrafa) tem a mesma pegada que a gente, sem firulas, sem muita frescura e com muita vontade de fazer algo lindo.

Gostei tanto das fotos que eu contratei ela pra fotografar o civil, que a gente nem ia registrar!

Para quem quiser conhecer o trabalho completo, a Bruna Custódio é do ABC Paulista, mas atende em qualquer lugar.

15 In Vida em Casa

A decoração do meu Casamento DIY

Já contei como eu fiz meu meu casamento DIY aqui, tudo foi feito por mim, sozinha e com verba bem controlada na ponta do lápis!

Hoje completamos 2 anos, bodas de algodão e eu quero marcar a data com esse post super especial e emocionante pra mim.

Tem até video! <3

Os itens que eu escolhi investir mais no casamento foram:

  • Foto e vídeo, tive 2 equipes diferentes.
  • Serviço de buffet (comida) e bar (bebida).
  • Local da cerimonia e festa.

Mas, porque fazer a decoração do casamento sozinha?

A minha vida é repleta de significados, símbolos e detalhes. Eu quis colocar essas características em cada detalhe do casamento. Quis expressar minha energia e minha fé em cada cantinho do casamento, mas não encontrei ninguém que abraçasse esse sonho.

O que eu fiz?

Primeiro recebi muitas criticas, ninguém ofereceu ajuda e eu chorei muito, viu? Mas, durante 12 meses eu juntei garrafas e itens para decorar, comprei cada detalhezinho e fui montando, aos poucos.

decoração_casamento_di

Eu trabalhei com eventos e usei essa experiência para organizar e definir o que eu precisava. Depois: muita pesquisa, bate perna e Google.

  • Escolhi um local lindo que com pequenos toques pessoais ficou perfeito para o meu gosto.
  • Fechei os olhos para as tendências e opiniões alheias: o meu gosto era o foco.
  • Defini as cores, a ideia e eu não mudei de opinião nem por um segundo: era foco e faca na caveira!

Casamento_DIY_Lis_Marlon 9801

 

Como foi fazer a decoração no dia do casamento?

Eu deixei bem claro na minha mente que o que saísse errado ou diferente no dia era só ter paciência. No dia do casamento não era pra estressar, era pra curtir e saber que eu fiz o meu melhor.

Fiz o melhor e quem gostasse de mim (e do noivo) entenderia eventuais “falhas”. Mesmo sendo uma pessoa muito exigente, o significado do casamento, para mim, não estava nas coisas.

Eu contratei uma equipe de apoio e fui muito sincera: “eu vou decorar o casamento no dia e preciso que vocês me ajudem, vai ser só carregar e arrumar coisas, ok?”

Minha única exigência era que a equipe conhecesse bem a região do sítio, para se desse alguma merda, eles saberiam pra onde correr.

Casamento_DIY_Lis_Marlon 9788

Fiz um plano, um cronograma e segui tudo a risca. 

Eu me organizei financeiramente para saber quando comprar cada parte da decoração, ítens para lembrancinhas e etc.

Nada de correria, sem dívidas, tudo dividido nos 17 meses que durou a produção do casamento.

Casamento_DIY_Lis_Marlon 9787

Duas semanas, ou menos, antes do casamento eu precisei pedir ajuda:

Eu já havia feito boa parte do trabalho artesanal, origamis, rendas, prendedores, cordões e detalhes, mas faltava a montagem.

Pedi ajuda de várias pessoas, mas só meu tio e padrinho de casamento se prontificou de verdade. Na casa dele, os vizinhos – gente que nem me conhecia – foram ajudar e foi lindo!

Em 2 finais de semana estava tudo pronto: mais de 300 garrafas decoradas e 300 caixinhas de lembrancinhas montadas!

Na última semana montei os sapatinhos para as convidadas, com as tags que eu mesma fiz. Minha cunhada comprou a gravata de cortar, mandei meu vestido para lavanderia – que já estava devidamente agendada.

Ainda fechei um bar especial de drinks (com uma graninha que sobrou). Graças a Deus, coisas boas acontecem para pessoas boas 🙂

Casamento_DIY_Lis_Marlon 9784

Um dia antes do casamento:

Ah, calma, no dia 13 (2 dias antes do casamento) chegou meu segundo vestido, para festa, comprei em cima da hora porque estava esperando o dinheiro sobrar. Eu quis algo mais sexy e confortável pra festa e a FEDEX entregou certinho!

Dia 14 eu fechei um dos hotéis da lua de mel na maior calma, esperei o melhor preço e saí de casa pra ir ao Ceagesp comprar flores na feira da madrugada. Na Kombi velha, com assoalho furado. Virei a noite escolhendo, pechinchando e burlando a segurança.

Eu não lembrei que tinha hora pra sair da feira, me perdi do Excelentíssimo  no  Ceagesp, andei como camelo e carreguei um peso danado: com um sorriso imenso no rosto e falando com orgulho que ia me casar no dia seguinte.

O Excelentíssimo não compartilhou da animação, tava bem estressado e tomou uma super bronca pra não me irritar e parar de ser a noiva. Piti no dia do meu casamento só se fosse meu!

No fim, me orgulhei de ter comprado as flores que eu queria pagando NADA – eu gastei menos de R$ 200 em flores. Fiquei muito grata, porque, tive ajuda de alguns lojistas para sair do Ceagesp pelas docas 🙂

Casamento_DIY_Lis_Marlon -169

Voltei pra casa da minha mãe, dormi 3 horas e era hora de ir pro sítio! Bora na Kombi, carregada de flores e eu tava no pique, energia a mil!

Nesse dia eu aprendi que manter a minha energia e a minha vibração boa depende só de mim!

Arrumei os brigadeiros comprados no Groupon na mesa do bolo – nada mais a minha cara – bem antes da moda, viu?

Casamento_DIY_Lis_Marlon -163

Contratei um ótimo cabeleireiro e uma ótima maquiadora: 

Eles não só entenderam que eu não seria uma noiva comum, como me  ajudaram, sem cara feia.

Combinei com eles que eu só iria parar tudo, para me arrumar, após as 12h – meu casamento era as 16h30 no convite.

Eu não queria atrasar, adiantamos o cabelo e eu fui fazendo os arranjos. Depois coordenei a montagem, que ficou por conta do staff.

Eu ia supervisionando e indicando onde colocar cada coisa.

decoraraçåo_casamento_diy

Tudo correu na mais perfeita ordem, como planejado.

16h30 eu estava linda, pronta! Curti até uma hidromassagem rápida e o casamento atrasou graças a sogra – ô vida!

Casamento_DIY_Lis_Marlon 9786

Sabe o que mais ouvi durante todos os preparativos do casamento?

“Você é a noiva mais calma que eu já vi!” Nossa como você tá calma!” “Menina como você consegue organizar tudo assim nessa calma?” 

decoração_casamento_DIY

Quem me conhece sabe que eu sou uma pessoa bem estressada e perfeccionista, o que mudou foi: o meu casamento DIY seria perfeito para mim e isso era a única coisa que importava.

As coisas que deram errado eram insignificantes: eu não percebi e ninguém percebeu. A decoração não ficou perfeita. Tinha detalhes que eu certamente precisei ignorar. Mas, ninguém imaginava que eu havia feito tudo sozinha ali no dia.

Ficou delicada e cheia de significado.

Casamento_DIY_Lis_Marlon -183

Tudo o que está aqui nas fotos foi feito por mim.

Das lembrancinhas a decoração, das garrafas aos arranjos da mesa do bolo. Até meu buquê eu fiz como eu imaginei 🙂 não foi fácil, mas valeu MUITO a pena!

O meu casamento DIY é um motivo de orgulho, sabem? Amo relembrar cada etapa, mesmo as mais difíceis!

Casamento_DIY_Lis_Marlon -175

Minhas dicas para quem quer fazer um casamento DIY:

  • Em geral, ninguém apoia a noiva que diz que vai decorar o casamento. Não desanima, tá?
  • Escolha bem o local do casamento, é mais fácil quando o local já é bonito.
  • Pesquise e estude muito. Feche uma ideia e tenha foco, organização e planejamento!
  • Contrate bons profissionais e que abracem o seu sonho!
  • Não se desespere, se algo der errado: tenha paciência! O que não tem solução, solucionado está. Não seja turrona e saiba fazer concessões, sem drama.
  • Saiba que o mais importante do casamento é o amor de vocês!

 

11 In Vida em Casa

Como fiz meu casamento DIY: passo a passo!

Como eu fiz meu casamento DIY

Meu casamento DIY foi um dos maiores projetos da minha vida! Quando decidi casar já morávamos juntos há 2 anos, eu tive vontade de ter festa e todos os adjetivos mais, a era grana curta e as contas pra pagar.

 Não foi fácil, mas consegui fazer meu casamento DIY e quero dividir um pouco de como foram os preparativos.

Quem sabe ajuda alguma noivinha, né?

Quando casei, fazer casamento DIY não estava tão na moda. Eu encarei o desafio sabendo que não seria fácil, pelo meu perfeccionismo e que eu teria que fazer tudo sozinha.
Família, amigos e pessoas mais próximas não acreditavam que era possível fazer um casamento DIY, falavam que era invenção da minha cabeça. Mas, eu já tinha uma ideia de como eu gostaria que fosse meu casamento e comecei a pesquisar.
  • 17 meses antes do casamento

Quando comecei a ter ideia de como eu queria o casamento eu comecei a pesquisar de forma geral o custo dos casamentos na minha região.

Vi orçamentos de mais de R$100 mil Reais em casamentos TODOS idênticos nas fotos, um formato padrão. Por isso, eu decidi que faria tudo o que pudesse sozinha e que teria um casamento cheio de significado e exclusivo.

Eu fiz uma planilha de planejamento do casamento, planejei todos os possíveis gastos  e, sem correrias, eu fiz tudo respeitando as minhas possibilidades.
Fechei a data, escolhi uma sexta-feira a tarde, até o meu casamento ninguém que eu conhecia tinha se casado numa sexta e ainda mais a tarde. Fiz a lista de convidados em 3 dias, sem surto e sendo prática, só queria os amigos e familiares (ainda assim a lista ficou enorme).
Comecei a direcionar minhas pesquisas para o estilo de casamento que eu queria e já tinha uma ideia de local onde eu gostaria de casar.
  • 15 meses antes

Fechei o espaço da cerimônia e da festa, um sítio que eu pudesse fazer tudo lá com liberdade.
Depois de mais pesquisas e degustações, fechei o buffet. Encontrei um que atendesse todas as minhas exigências (serviço a francesa, coquetel e jantar, com menu simples e bebidas).
O buffet foi a minha prioridade, por isso fechei bem antes e não economizei. Você deve escolher um item pra ser a sua prioridade, seja o local, o vestido ou qualquer outra coisa.
  • 12 meses antes

Nesse meio tempo fui ao salão de noivas do ABC conheci fornecedores de todos o tipo e peguei muitos cartões. Eu voltei em alguns fornecedores depois e essas feiras são ótimas para isso, mas não vale cair no conto da oportunidade única para a feira, só feche se realmente for algo que te conquistou.
Fechei foto e filmagem – com a 1º equipe e eu sabia que teria uma 2° equipe ainda. Aí precisei parar e respirar um pouco (pagar os boletos, né?). Foi uma pausa estratégica, para começar pagando as coisas mais caras.
Eu me planejei para em alguns meses não fechar nenhum contrato, mas visitar vários fornecedores em potencial para somente conhece-los e me decidir mais adiante.
  • 10 meses antes

Comecei a juntar garrafas de vidro para a decoração e a planejar a lua de mel, cotando opções de pacote e cotas de presentes. Eu decidi por fazer tudo por conta, então pude gastar menos que em agências de viagem.
Escolhi os padrinhos, pajens e damas e a cartela de cores que eu usaria na decoração. Eu mesma fiz a arte do meu convite de casamento, com uma ajuda de uma amiga que já trabalhou como designer, pois eu queria vetorizar uma imagem única e que ninguém pudesse copiar, escolhi pessoalmente as fontes da identidade visual e o papel de impressão do meu convite.
  • 8 meses antes

Comecei a procurar a roupa ideal para o noivo, crianças e para mim: claro! Aqui a pesquisa foi rápida porque eu já sabia bem como seria o “dress code” do casamento.
Fechei DJ, iluminação cênica, músicos para a cerimônia e a 2º equipe de fotografia.
  • 6 meses

Fechei maquiador e cabeleireiro da cidade de Mauá (onde eu morava). Comecei a comprar os itens de decoração e a fazer as lembrancinhas que foram artesanais.
Fechei as roupas do noivo em um alfaiate, mandei fazer 2 ternos sob medida e que juntos custaram o preço de um aluguel de um fraque aqui na minha região.
Escolhi a lista de musicas da cerimônia e com a ajuda da responsável pelo coral tivemos uma ideia de como seria o grande momento: com oração e muito significado.
  • 4 meses

Procurei uma gráfica especializada em convites de casamento e fechei a impressão de tudo: convite, tags e convites individuais. Saiu bem mais em conta fechando tudo junto, mas pesquisei muito antes de fechar.
Fechei a roupa da dama de honra e pajem – sem as mães das crianças, lembra que eu falei que não tive ajuda? Foi tenso!
Escolhi os vestidos das madrinhas com elas na José Paulino, as minhas 3 madrinhas escolheram vestidos na altura do joelho e eu achei ótimo que elas estivessem a vontade.
Comprei meus acessórios de cabelo e jóias.
Encomendei os bem casados num ateliê de nome no ABC, com um preço ótimo porque conheci eles na feira e estava falando com eles hámuito tempo, na hora de fechar rolou desconto!
  • 2 meses

Fechei uma assessoria não convencional, eu encontrei uma equipe que seria o meu staff. Nenhuma assessoria convencional aceitou o fato de que eu faria minha decoração no dia. Contratei 3 pessoas para ser uma equipe de apoio mesmo, eles foram meus braços e olhos.  Combinei com eles que somente 3 horas antes do casamento eu sairia de cena e seria a noiva e assim foi feito!
Provei vários vestidos, dos mais caros aos mais baratos e não bateu aquele amor. Escolhi ter um modelo único, importado por mim da Austrália, o que diminuiu meu custo em 80%.
Comprei meus sapatos e os do noivo, no shopping mesmo e usamos até hoje. Nos 45 do segundo tempo eu comprei um segundo vestido para a festa, eu esperei para saber se os gastos estariam no limite.
Decidimos fazer a da lua de mel: compramos as passagens e fiz o roteiro com 3 destinos internacionais.
  • 1 mês antes

Marcamos o civil e a Paroquia de São Jorge confirmou que poderia celebrar a benção do casamento fora da igreja.
Fiz o kit festa: cartazes para photoboot, carinhas, bigodes, placas e etc. Aqui eu já sabia as flores que compraria, como queria meu bouquet e como faria a decoração no dia. Minha dica é tome decisões, faça escolhas, mas seja flexível se precisar mudá-las.
Comprei meu vestido para o civil e fizemos o ensaio pré-casamento, eu usei as fotos desse dia na decoração. Contratamos uma fotografa iniciante daqui do ABC que arrasou nas fotos e, por isso, fechamos com ela a cobertura do civil que nós não faríamos.
Comprei também no Groupon alguns brigadeiros gourmet para a mesa do bolo, foi uma doceira do ABC que fez brigadeiros deliciosos de pistache, tradicional, morango, café e limão que decoraram a mesa.
  • Alguns dias antes

Nos dias finais eu terminei de limpar as garrafas e meu tio e padrinho de casamento me ajudou a pintar. Decoramos todas na casa dele onde varias pessoas vieram ajudar, algumas pessoas que nem me conheciam.
Comprei no Mercado Livre chaveiros em formato de sapatinhos para as convidadas, eles chegaram e eu colei um a um nas tags.
Contratei uma equipe de bartenders para ter um bar de drinks, dei como um presente para o Excelentíssimo (e pra mim) com uma sobrinha de verba!
Minha cunhada buscou na 25 de março a gravata de corte do noivo, que eu estava quase esquecendo.
  • 1 dia antes

Fomos só nós dois e nossas mães casar no civil de manhã, depois tomamos um café e focamos nos preparativos finais.
O vestido da festa chegou em cima da hora, não me desesperei pois usaria facilmente o mesmo da cerimonia, mas fiquei muito feliz com a Fedex um dia antes do casamento no meu portão.
Busquei as roupas da daminha e do pajem e os galões de gás hélio para os balões da decoração.
Fechei a hospedagem da viagem de lua de mel e o carro para nos levar do aeroporto para o hotel na primeira cidade. Tudo isso 1 dia antes, na maior calma. Eu estava monitorando os preços sabia que iria pegar o menor se fechasse naquele dia!
As 23h do dia anterior ao casamento saí de casa, numa Kombi surrada e fui para o CEAGESP comprar flores: voltei pra casa as 05h da manhã e as 08h estava a caminho do sitio para casar!
Comecei as montagens dos arranjos nas garrafinhas, o pessoal do buffet foi montando as mesas, meu marido carregando os bancos da cerimonia. Os queridos Wanderson e a Jéssica Jhoy (cabeleireiro e maquiadora) me ajudaram com os arranjos, a equipe de staff (3 mulheres e 1 homem) chegou e montou o restante do jeito que eu pedi.
Eu estava muito bem disposta, com olheiras, mas escolhi a melhor maquiadora que eu conheço pra dar conta e não senti um pingo de sono.
Algumas horas antes do casamento me despedi do noivo e só voltaria a vê-lo no altar.
Nos arrumamos separados e ele tomou seu banho na sala reservada e eu ainda relaxei alguns minutos na banheira.
E, de última hora, eu convidei meu irmão para acompanhar minha mãe e me levar até o altar.
Durante todos os preparativos e especialmente no dia do casamento eu ouvi várias vezes que era impressionante como eu estava calma e como tudo estava em paz. Isso foi muito gratificante!

Ufa, valeu muito a pena, viu? Fiz tudo do bom e do melhor, sem me enforcar para pagar.

Planejar um casamento sozinha requer muita atenção e dedicação. Não existem fórmulas prontas, você vai precisar achar o seu jeito de fazer acontecer.

Mas, acredite em mim, cansa, dá trabalho, mas eu tive um casamento DIY para 250 pessoas e não gastei nem perto dos R$ 100 mil reais da primeira pesquisa.

Eu achei um site hoje pena que já casei, mas eles tem muita foto linda de casamento DIY para te inspirar (clica) e tudo que eu já falei sobre casamento está aqui no blog (clica também).