0
    1 In Empoderamento

    Gilmore Girls: a série e o revival

    Gilmore Girls: problematizando a série e o revival

    Warning: Tem spoiler, de leve e sem detalhes, mas tem. Warning 2: é minha opinião aqui, tá?

    Eu me empolguei com “A year in the life” e revi as 7 temporadas de uma só vez. Já emendei para ver os 4 episódios do revival de Gilmore Girls. Tudo seguidinho pra curtir e não perder nenhum detalhe.

    Eu gostei muito da série quando era adolescente, tinha 12 anos quando a série estreou. Menina pobre, ligava a TV e sonhava em ser a Rory ou a Lorelai.

    Era fácil olhar Rory e ver nela tudo o que eu queria ser e ver na Lorelai a “fodona” que um dia eu queria me tornar.

    gilmore girls a year in the life 2

    Mas, depois de ver todas as temporadas e ver o boom de pessoas dizendo que a série era um exmplo a ser seguido. Que Rory e Lorelai são personal goals,”feministas?” e “empoderadoras?”

    Eu não sei se consigo concordar… Mas, não vou ser injusta.

    Gilmore Girls tem ótimas sacadas de roteiro, uma escrita precisa e diálogos bem executados. Com ironia, humor e referências legais pra quem curte nerdices.

    É uma série gostosa de assistir e que coloca mulheres na pauta numa época que isso não era comum. É uma comédia  dramática completa, que aborda temas sem pesar o contexto. Fala de família, classe social, relacionamentos e vida em geral. Tem tudo que uma série precisa pra ser um sucesso.

    Por isso é um sucesso!

    gilmore girls

    Assisti todas temporadas + revival e hoje não consigo mais ver Rory e Lorelai como “goals”. Na minha opinião, a série retrata esteriótipos e padrões, mas não os questiona.

    Mesmo sendo muito querida em Stars Hollow, Lorelai é vista como promíscua, instável e a que “cada dia dorme com um”.

    Na segunda ou terceira temporada uma vizinha fala pra outra quase isso dela e ainda chama Lorelai de “coitada”.

    O esteriótipo da Paris, Lane e até de Sookie reforça o lado “negativo” delas serem como são, das escolhas que fazem e o que se tornam.

    A série mostra mulheres livres, mas reforça a imagem de que se você for assim você vai ser a vadia, a fracassada, a frustrada, infeliz.

    gilmore girls revival-4

    O meu maior incômodo é TODO mundo achando que Rory e Lorelai são exemplos a serem seguidos!

    Vou começar com a Lorelai que é egoísta e egocêntrica até o final. Veja bem, ela quer viver a vida do jeito dela certo? Ok, eu também quero ser mais egoísta ano que vem #meta.

    Mas, ela passa por cima das pessoas sem se importar. Mesmo precisando da ajuda dessas mesmas pessoas no passado ou no futuro.

    Observem como ela trata os vizinhos que ajudaram ela a criar a Rory. Como ela trata o Luke, como ela trata as pessoas em geral.

    Nem a Mia, que adotou ela e a Rory bebê, recebe ligações ou visitas de consideração – mesmo sendo a dona do Independence Inn.

    Tem vários momentos da série que Lorelai menospreza as pessoas e maltrada com um tom irônico. Típico das pessoas que fazem bullying e se acham certas.

    gilmore girls revival-3Ela não se importa com ninguém que não seja ela ou a Rory. Quando a Rory pisa na bola ela mantém a menina num pedestal pro mundo. Mas, massacra a menina dentro de casa com o julgamento intrínseco do “isso não está certo”, mas ela fez a mesma coisa no passado.

    Mesmo com a Sookie e Michel, Lorelai não tem a doação da amizade verdadeira, nem a troca de uma sociedade de negócios. Ela é mandona, não se importa com o problema dos amigos, a conversa sempre volta para os problemas dela. Lorelai ainda usa todos como seus empregados para satisfazer suas vontades…

    Reparem que Lorelai não briga na série, tem cenas de discussão, mas o final é o mesmo. Todo mundo abaixa a cabeça pra ela, acata o que ela quer e no fundo eu acho que é por ela ser vitimista. Ou porque as pessoas vêem ela como “a problemática” vamos deixar ela feliz…

    Tem uma cena em que o Taylor durante a assembléia expõe esse ponto de vista. Ele fala pra Lorelai que entende que a cidade foi bondosa e acolheu ela com a bebê. Diz que todos a tratam com muito amor e são orgulhosos dela e da Rory. Mas, que nem por isso ele vai ceder aos caprichos dela “como todo mundo”.

    Sem contar que Lorelai mente o tempo todo, mais que omitir ela mente mesmo e rouba/furta coisas o tempo todo. Como se o mundo devesse isso a ela!

    Na relação com os pais, Emily e Richard, é tenso falar de perdão, entendimento e etc.

    Mas, eu penso que se Lorelai tivesse a liberdade que queria, com o dinheiro dos pais e seu comportamento, ela seria parte da Brigada de Vida e Morte. Rica, mimada e fanfarrona-maldosa.

    gilmore girls

    Agora Rory é um padrão distorcido ambulante e reproduz o comportamento da mãe o tempo todo.

    Ela cresceu numa redoma de vidro de perfeição, sendo um padrão de referência. Acostumada a ser sempre a melhor garota da cidade, aplaudida e ajudada.

    Quando isso muda ela se mostra como é: reprimida, mimada, egoísta e irresponsável.

    Ela prova isso quando se apaixona pelo Logan e pelos benefícios que ele dá. Sempre envolvendo baladas caras, bebidas e muito dinheiro do pai dele sendo gasto.

    A cena dela com o amigo entregador de pizza no restaurante caro. O Logan convida ela aceita mesmo tendo combinado outra coisa com o amigo. O Logan paga a conta dela e o amigo “pobre” conta moedas pra pagar. Ela nem se toca até ele falar, prova que ela, assim como a mãe, não pensa em ninguém. Ela até tenta demonstrar uma empatia, mas perde o amigo merecidamente!

    gilmore girls rory

    Em um jantar na casa da irmã do Luke ela não dá a mão para um homem porque ele não tem um dedo. Ela simplesmente não cumprimenta ele e olha com cara de nojo pra mãe dela…

    Menina perfeita, mas sem educação, sem empatia: bolha!

    Rory joga todas as ajudas que ela sempre recebeu no lixo quando decide parar a faculdade. Fato que só aconteceu porque alguém ousou dizer que ela não era perfeita.

    O Pai do Logan que diz que ela não tem talento, depois dela estagiar pra ele!

    Joga no lixo duas vezes, quando depois de 9 anos ela não tem emprego, dinheiro, casa e tem um caso com um cara comprometido – de novo Rory?

    Rory tinha tudo pra ser muito bem sucedida e independente na vida, mas não é. Tudo o que conseguiu foi com ajuda de outras pessoas. Quando a hora a verdade chega ela volta pra casa da mãe sem conseguir se estabilizar na vida.

    Oportunidade, estudo, preparo e dinheiro ela tinha. Faltou maturidade, objetivo e até um pouco de caráter ali viu? Faltou mesmo culhões pra fazer acontecer.

    Ela nunca precisou ir além da sua obrigação de estudar e tirar boas notas para viver. Isso pra mim não é esforço, ligar pros avós e pedir dinheiro também não e ter boy rico pagando tudo (pensão) não é esforço mesmo!

    Durante toda sua vida, Rory recebeu favores. Pra estudar, conseguir entrevistas, estágio/emprego e segue precisando pra ter onde comer, dormir, viver.

    gilmore girls a-year-in-the-life-1

    Quando a vida real chegou, mesmo com o suporte financeiro do Logan, apoio e torcida de todo mundo, ela fracassa.

    Fracassa, mas cospe em alguns pratos, viu? Porque as oportunidades têm que ser perfeitas para a Rory perfeita.

    Olha aqui a profecia do diretor:

    gilmore girls revival-2

    Rory volta pra casa perdida, sem rumo e com o mesmo comportamento mimado da mãe, dá piti e faz várias besteiras seguidas.

    Rory, no final, é uma ótima pessoa mas, fracassada.

    Pra fechar o ciclo. Lorelai está com a vida “perfeita”. Tem o Luke que ama e lambe as botas dela, a Dragon Fly indo muito bem, mas ela começa a surtar. Porque? Porque não sabe o que quer da vida, se é ter filhos, comprar outra pousada, oficializar o casamento.

    Já no luto de Richard vemos a Emily sofrendo do jeito dela, mas vai procurar dar sentido a vida. Arranja uma ocupação e adota/aceita a família da empregada.

    Já Lorelai, não consegue passar por cima da mágoa, não consegue perdoar. Nem pra ajudar a mãe, nem citando uma memória boa do seu Pai.

    Ela precisa dar piti, fazer papel de criança grande e só vai ligar pra Emily meses depois.

    Os relacionamentos afetivos das duas sempre foram problemáticos. Eu acho que elas não sabiam “escolher”, entendem?

    gilmore girls -avaliacao-2

    Os namorados da Rory nunca estiveram no mesmo timing que ela, nem os da Lorelai. Os relacionamentos desandavam porque elas não sabiam mais o que queriam, enjoavam e pronto. Mesmo Lorelai com o Luke, vejam o surto dos últimos episódios.

    Em alguma temporada lembro da Lorelai falando que queria que Rory fosse diferente dela.

    Por isso é um choque quando nos últimos episódios a Rory aparece idêntica a Lorelai. Uma mulher adulta com atitude de criança.

    As duas se encaixariam fácil na geração Mimmadium desse artigo – que é péssimo por generalizar, mas vale ler.

    Não tô falando que a série é ruim, mas há muito o que questionar.

    Tudo a respeito das Gilmore Girls é defeituosamente humano. Talvez por isso a gente entenda essa porrada na cara que foi o revival.

    Tem algumas boas lições de moral escondidas nessa série de comédia dramática. Se você não captou assiste de novo que está lá! 😉